São Paulo ganha 1º programa de reciclagem de fraldas descartáveis da América Latina

Uma fralda descartável leva entre 400 e 500 anos para se decompor. Isso significa que seu bebê já nasce com uma pegada ecológica absurda.

Em uma conta simples, cada bebê utiliza, aproximadamente, 8 fraldas por dia. Em um mês são 240 fraldas.

Em um ano, 2880. Será que ele ficará contente em saber, no futuro, que seus tataranetos irão conviver com os resquícios das suas próprias fraldas no planeta?

Eis que São Paulo ganha um programa de reciclagem de fraldas descartáveis, fruto da parceria entre Huggies e Boomera. “Minha Primeira Reciclagem”, como foi batizada, faz parceria com escolas, que topam armazenar as fraldas apropriadamente por uma semana, e recolhe para que o processo de reciclagem comece.

Por meio de uma tecnologia desenvolvida pela Boomera, é possível separar os resíduos orgânicos da matéria-prima (o plástico), de modo que a matéria-prima volte para o ciclo de produção de novos produtos.

Depois, o pessoal da Boomera irá instalar na instituição 2 coletores externos e 1 coletor interno – além de alguns materiais de sinalização e comunicação.

Todos os profissionais envolvidos no processo serão treinados para que a reciclagem seja possível. Todas as semanas as fraldas são coletadas.

Este é o primeiro programa de reciclagem de fraldas da América Latina e ajuda todos a praticar o terceiro ‘R’. Entretanto, é importante ressaltar que Reduzir e Reutilizar ainda deve vir antes da Reciclagem!