Ganhador do Nobel da Paz 2021 vai doar 100% do valor de seu prêmio para causas sociais

Ao lado da filipina Maria Ressa, o jornalista russo Dmitry Muratov, editor-chefe do jornal Novaya Gazeta, foi um dos grandes vencedores da edição 2021 do Nobel da Paz.

O prêmio foi concedido à dupla “pela corajosa batalha que lideram pela liberdade de expressão nas Filipinas e na Rússia,

essencial para garantir a democracia e a paz duradouras“, disse Berit Reiss-Andersen, do Comitê Nobel norueguês.

Cloud Banner

Os dois concorreram ao lado de outros 329 candidatos, sendo 234 pessoas e 95 organizações.

Em entrevista à ONU News, Muratov garantiu que 100% do valor de seu prêmio Nobel da Paz – aproximadamente US$ 1 milhão – será investido em causas sociais que acredita.

“Eu não vou aceitar e não vou receber nem um centavo desse prêmio. Isso, para mim, está fora de questão! Este é um Prêmio da Paz,

Então acredito que ele deva contribuir para este propósito”, disse o jornalista.

Segundo ele, uma reunião foi feita com todo o conselho editorial do jornal Novaya Gazeta para, juntos, decidirem como o dinheiro do prêmio seria investido.

“Acordamos que vamos doá-lo a algumas causas. Uma parte irá para uma fundação de saúde que ajuda jornalistas

Outra para a Fundação Anna Politkovskaya, criada em homenagem à jornalista e humanitária russa que foi assassinada em serviço

Outra para o hospício infantil da Fundação Vera, em Moscou; e outra para a Clínica Dmitry Rogachev, onde crianças com leucemia são tratadas.”

Leia aqui a entrevista na íntegra. Com informações de ONU News