Biólogo cria sacolinha plástica de mandioca que dissolve na água

E serve de comida para animais marinhos.

Sim!

Kevin Kumala cansou de lutar contra o que parece ser inevitável.

Há tempos já se sabe dos inúmeros impactos negativos que o descarte incorreto de plástico causa no meio ambiente e, ainda assim, a humanidade teima em utilizar descartáveis e jogá-los fora de forma incorreta.

Então Kevin desenvolveu uma sacolinha plástica que pode ir parar nos oceanos sem causar danos ambientais!

Feita 100% de mandioca, ela é totalmente biodegradável.

Quando em contato com a água, se dissolve e – melhor ainda! – serve de alimento para os animais marinhos

como peixes e tartarugas, que a encontrarem no oceano antes de estar completamente dissolvida.

A sacolinha de mandioca é apenas um dos itens descartáveis que a empresa de Kevin, a Avani Eco, produz utilizando matéria-prima natural e compostável.

Entre outros produtos do portfólio da marca estão canudinhos, embalagens, capas de chuva e copos, pratos e talheres

Que já são adquiridos por multinacionais como a Heineken e a rede hoteleira Accor Hotels, na intenção de diminuir seu impacto ambiental.

A iniciativa é bacana, mas é um pouco perturbador pensar que é preciso desenvolver soluções tecnológicas para lidar com a falta de consciência das pessoas, não?