Categorias: Animais

Universidade força macacos a usar cocaína em testes sobre dependência química – e internet recolhe 19 mil assinaturas para tentar impedi-la!

A internet está em polvorosa nestes últimos dias, desde que se espalhou a notícia de que a Universidade de Friburgo, na Suíça, está forçando macacos a consumir cocaína em prol de pesquisas que visam estudar sobre dependência química em humanos. O teste consiste em dar micro doses da droga aos animais até que eles passem a dar preferência a ela quando são colocados na sua frente, simultaneamente, recipientes com água e cocaína.

A intenção é, após tornar os macacos depententes químicos, estimular diferentes partes do seu cérebro para identificar possíveis maneiras de fazer sua dependência pela cocaína desaparecer. Ou seja, em longo prazo, o objetivo dos testes é descobrir maneiras de tratar os seres humanos viciados na droga.

A universidade possui um Protocolo Experimental, validado pelo Escritório Federal Suíço de Segurança Alimentar e Veterinária (OSAV, na sigla em inglês) e por um Comitê de Testes em Animais, que autoriza a prática. Mas o documento (óbvio!) não foi suficiente para acalmar a indignação dos ativistas. “Por que nos achamos no direito de viciar, propositalmente, outros seres vivos em cocaína?”, questionam eles.

A Liga Suíça Contra Testes em Animais lançou petição online em que pede que a Universidade de Friburgo “pare imediatamente os testes planejados que envolvem o fornecimento de cocaína aos macacos”, além de mais informações sobre as condições em que esses testes estão sendo feitos nos animais. Em duas semanas, 19 mil assinaturas foram coletadas e agora o documento será enviado ao Grande Conselho de Friburgo e à reitoria da instituição de ensino pedindo medidas imediatas. E aí, Universidade de Friburgo?

Foto: Divulgação

Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Leave a Comment

Veja Comentários

  • Não somos a favor de tamanha crueldade, somos totalmente contra esse tipo de ato, nada justifica, nos causa sim revolta, indignação e um profundo asco. Já é hora da ciência evoluir e se iluminar, não estamos na idade média, na idade das trevas!!!

Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

No Vale do Paraíba, antiga fábrica de papel vira moderno projeto agroflorestal

O agricultor Patrick Assumpção investe há mais de 10 anos em sistemas agroflorestais e plantio…

2 dias atrás

Aplicativo facilita a venda de alimentos sem agrotóxicos produzidos no quintal de casa

Cultivar hortaliças, verduras, frutas e até alguns tipos flores comestíveis no quintal de casa é…

4 dias atrás

Usinas solares no espaço podem ser a solução limpa para demanda elétrica mundial

Nos últimos anos, as fontes de energia renováveis se desenvolveram de forma impressionante e alcançaram…

1 semana atrás

Energia solar mantém crescimento e fica mais atrativa para brasileiros em 2020

Por muitos anos, o governo brasileiro ignorou o potencial da energia solar como fonte limpa,…

1 semana atrás

5 fatores que influenciam no preço final do seu projeto de energia solar

Economizar na conta de luz é uma realidade para cada vez mais brasileiros que instalam…

2 semanas atrás

Os 5 Principais Motivos Pelos Quais Todos Querem Energia Solar

Gerar a própria energia elétrica é a vontade da grande maioria dos consumidores brasileiros. Segundo…

3 semanas atrás