Energia

Só dá Bahia! Estado é o que mais produz energia eólica e solar no Brasil

Êta disputa boa! A geração de energia solar e energia eólica segue em expansão no Brasil, impulsionada sobretudo pela crise hídrica e pelo consequente aumento das tarifas na conta de luz. E, segundo levantamento recente, grande parte da “culpa” por esse crescimento é da Bahia.

Dados divulgados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica apontam que o Estado lidera atualmente a produção desses dois tipos de energia no país, sendo sozinho responsável por 32,16% de toda geração de energia eólica do Brasil e por 30,89% da geração de energia solar.

Segundo o governo do Estado, a liderança não é à toa. Trata-se do resultado de uma série de iniciativas públicas implementadas desde 2012 que visam à popularização da geração desses tipos de energia na região.

Entre outras medidas, há incentivos fiscais, processos pré-estabelecidos que garantem a agilidade dos licenciamentos ambientais, facilidade no transporte de equipamentos e regularização fundiária de áreas usadas para a geração desses tipos de energia, beneficiando diretamente pequenos proprietários de terra do semiárido.

O investimento é estratégico! Isso porque, ainda segundo o governo do Estado, a expansão da geração de energia eólica e solar na região garante benefícios ambientais e também econômicos, tais como mais empregos para a população local e aumento do PIB e do IDH, o Índice de Desenvolvimento Humano.

A disputa é acirrada, já que outros Estados do Nordeste também estão em constante expansão no setor, mas a Bahia segue trabalhando para manter sua liderança. Já estão previstos 176 novos parques eólicos e 153 novos parques solares no Estado, que demandarão um investimento de R$ 51 bilhões e garantirão, entre outros benefícios, menos emissões de CO2 na região e cerca de 267 mil novos empregos. Nada mal, não?!

Foto: Divulgação/Governo do Estado da Bahia

Débora Spitzcovsky

Especialista em Sustentabilidade, com foco em Engajamento e Desenvolvimento Local, Débora é jornalista e cofundadora de The Greenest Post

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

Painéis solares autorregenerativos podem ser o futuro da tecnologia fotovoltaica

Uma das grandes vantagens do painel solar fotovoltaico é a sua longa vida útil de…

11 horas atrás

Mulheres da periferia vendendo cultura! ONG capacita mães solo para produzir livros de pano com retalhos

Professoras em uma escola pública do bairro Jardim Comercial, na zona sul de São Paulo,…

3 dias atrás

Pernambuco ganha miniusina solar para alimentar suas universidades. Economia já passou de 300 toneladas de CO2

Certamente, economizar energia é o principal motivo de todos os consumidores que instalam um sistema fotovoltaico,…

6 dias atrás

Brasileira de 18 anos recebe reconhecimento da Nasa por descoberta de novo asteroide

Apaixonada por Astronomia desde criança, a mineira Laysa Peixoto Sena Lage cresceu observando as estrelas.…

7 dias atrás

Conheça 1ª ciclovia da América Latina feita de plástico reciclado retirado do oceano

Quase uma tonelada de lixo plástico retirado do oceano. Essa é a matéria-prima da ciclovia…

1 semana atrás

Jovem do Paraná cria absorvente biodegradável feito com resíduos de colheita e ganha destaque internacional

Desde 2014, a dignidade menstrual é reconhecida pela ONU como um direito humano, mas oito…

2 semanas atrás