Categorias: Urbano

Poluição do ar provoca 7 milhões de mortes prematuras todos os anos, alerta ONU

Por ONU

As Nações Unidas alertaram nessa segunda-feira (7) que, em todo o mundo, nove em cada dez pessoas respiram ar poluído. A poluição do ar contribui para doenças cardíacas, derrames, câncer de pulmão e outras doenças respiratórias.

Segundo a organização, 7 milhões de mortes prematuras são provocadas todos os anos pela poluição do ar, sobretudo nos países de baixo e de médio rendimentos.

O alerta foi feito quando a ONU marca o primeiro Dia Internacional do Ar Limpo para um Céu Azul (7). Em mensagem para a data, o secretário-geral da organização, António Guterres, lembrou ainda que a poluição do ar também ameaça a economia, a segurança alimentar e o meio ambiente.

“À medida que nos recuperamos da pandemia do novo coronavírus, o mundo necessita prestar muito mais atenção à poluição do ar, que também aumenta os riscos associados à COVID-19. Devemos visar também a crescente ameaça das mudanças climáticas”, destacou.

A ONU destaca que limitar o aquecimento global até 1,5 grau Celsius ajudará a reduzir a poluição do ar, as mortes e as doenças.

“O confinamento deste ano fez com que as emissões caíssem drasticamente, proporcionando um vislumbre de um ar mais limpo em muitas cidades. Mas as emissões já estão a aumentar de novo, ultrapassando em alguns lugares os níveis pré-COVID. Necessitamos de uma mudança dramática e sistêmica”, acrescentou Guterres.

Ele elencou algumas das medidas úteis para abordar o problema. “Normas, políticas e leis ambientais reforçadas que evitam as emissões de poluentes atmosféricos são mais necessárias do que nunca. Os países também têm de acabar com os subsídios aos combustíveis fósseis. E, a nível internacional, os países têm de cooperar para se ajudarem na transição para as energias limpas.”

António Guterres pediu aos governos que ainda financiam projetos relacionados com combustíveis fósseis em países em desenvolvimento que mudem esse apoio para energias limpas e transportes sustentáveis.

“Exorto todos os países a usar os pacotes de recuperação pós-COVID para apoiar a transição para empregos saudáveis e sustentáveis. Hoje, 7 de setembro, marca o primeiro Dia Internacional do Ar Limpo para o Céu Azul. Vamos trabalhar juntos para construir um futuro melhor com ar puro para todos”, concluiu.

Saiba mais no site especial dedicado à data e ao tema.

Foto: kayugee/Creative Commons

Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Redação

Posts recentes

Países podem ser 100% alimentados por energia limpa, segundo IRENA

Segundo a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), é possível alcançar um setor elétrico mundial…

3 dias atrás

11 toneladas de produtos orgânicos são doados para moradores de Paraisópolis

A Enel Distribuição São Paulo está doando 11 toneladas de produtos orgânicos – verduras e…

4 dias atrás

Jornada de Agrofloresta: como plantar comida sem veneno e regenerar a Natureza

A Agrofloresta é considerada a agricultura do futuro. É uma nova forma de cultivar alimentos…

5 dias atrás

Telhados solares batem novo recorde no Brasil em 2020 mesmo com pandemia

Apesar da queda nas vendas durante os primeiros meses da pandemia, o mercado solar brasileiro…

1 semana atrás

O que a moda tem a ver com a poluição marinha?

Um aspecto da poluição marinha nem sempre tão difundido refere-se aos impactos da moda nos…

2 semanas atrás

Projeto oferece oficinas de profissionalização para mulheres no Ceará

Neste mês celebramos o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, data para reconhecer a luta…

2 semanas atrás