Categorias: Mundo

Paquistão está contratando desempregados para plantar 10 bilhões de árvores

O governo do Paquistão está contratando pessoas desempregadas por conta da Covid-19 para trabalhar plantando árvores. A iniciativa faz parte do programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores“, que visa reflorestar o país e trazer uma resposta às mudanças climáticas.

A nação paquistanesa sofre atualmente com crescentes ondas de calor, enchentes, secas e outros fenômenos naturais extremos. Além disso, boa parte da água disponível para abastecimento e lavouras vêm das geleiras do Himalaia, menores a cada ano.

O programa lançado em 2018 quer reverter isso. Agora, com a contratação de milhares de pessoas, especialmente jovens, o objetivo parece mais alcançável do que nunca.

Abdul Rahman, que trabalha na construção civil, perdeu o emprego devido à paralisação econômica decorrente da Covid-19. O Paquistão decretou quarentena no dia 23 de março, em um esforço nacional para conter a disseminação do vírus.

Sem emprego, o rapaz chegou a pensar que iria mendigar na rua para sustentar a família. “Devido ao coronavírus, todas as cidades fecharam e não havia trabalho. A maioria de nós não ganhava o pão de cada dia”, disse Rahman, morador do distrito de Rawalpindi, na província de Punjab.

“Felizmente, agora temos uma maneira de ganhar nosso salário novamente para alimentar nossas famílias“.

O governo lhe ofereceu um emprego: Abdul juntou-se a dezenas de milhares de outros trabalhadores desempregados, que estão plantando árvores em massa por todo o território do país islâmico, bastante escasso de florestas (apenas 6% da área é coberta por vegetação).

No programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores”, todo mundo sai ganhando: os trabalhadores têm alguma renda, que apesar de não ser tão estável, garante o sustento de todos, a economia é estimulada e o meio ambiente recebe o devido cuidado merecido.

Cada trabalhador recebe 500 rúpias paquistanesas (R$ 17) por dia plantando árvores – isto é cerca de metade do que eles recebiam em seus empregos anteriores, mas suficiente para subsistir até o fim da quarentena.

“Enquanto nutrimos a natureza, estamos resgatando milhares de pessoas do abismo econômico“, disse Malik Amin Aslam, consultor de mudanças climáticas do governo paquistanês. “Essa trágica crise proporcionou uma oportunidade e nós a aproveitamos”.

“Isso nos ensinou a lição valiosa de que, quando você investe na natureza, ela não apenas lhe paga de volta, mas também o resgata em uma situação econômica estressante”, concluiu.

Razões Para Acreditar

Algumas razões para continuarmos acreditando em um mundo melhor! >www.razoesparaacreditar.com<

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Razões Para Acreditar

Posts recentes

Energia Solar e o futuro da tecnologia na geração elétrica mundial

O crescimento da energia solar fotovoltaica na última década foi notável e cheio de novos…

2 dias atrás

Renováveis Podem Reduzir em 97% o Consumo de Água na Geração Elétrica Mundial

Além do seu papel fundamental na descarbonização do setor elétrico mundial, as fontes de energia…

3 dias atrás

Conheça novo market place de móveis usados para fomentar reutilização de móveis

Sempre atenta às inovações do mercado, a Mobly, startup especializada em vendas de móveis, amplia…

4 dias atrás

Painéis solares estão gerando mais energia durante isolamento

As medidas de isolamento para reduzir a propagação do COVID-19 trouxeram céus notavelmente mais claros…

5 dias atrás

Crise mundial intensifica a necessidade por expansão das fontes renováveis

Fontes renováveis, especialmente a energia fotovoltaica, podem levar eletricidade a regiões carentes afetadas pela pandemia…

6 dias atrás

O caminho para revolucionar o uso da energia solar está na natureza, afirma estudo

A cada ano o uso de energia solar cresce no mundo e a fonte caminha…

7 dias atrás