Painel solar segue como a melhor opção para brasileiros em 2021

Painel solar segue como a melhor opção para brasileiros em 2021
05 mar 2021

Impactos da pandemia sobre o setor elétrico trarão novo aumento na conta de luz que se torna economia para o consumidor com painel solar instalado.

Mesmo quem já está acostumado com a inflação da energia no Brasil deve se preparar, pois a conta vai ser grande em 2021.

Segundo declaração de André Pepitone, diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o reajuste para os consumidores pode chegar a 13% este ano.

A culpa por essa mais nova crise do setor elétrico recai sobre a pandemia do covid-19, que levou à adoção de medidas emergenciais e consequentes rombos para as distribuidoras.

Uma dessas medidas foi a suspensão das bandeiras tarifárias, entre maio e novembro de 2020, que gerou uma dívida aproximada de R$3,1 bilhões, segundo informou a Aneel.

O cenário desanimador se completa com a chamada conta-covid, empréstimo emergencial do governo para socorrer as distribuidoras no início da pandemia, e que só acaba em 2025.

Como não poderia deixar de ser, a conta vai novamente para o bolso dos consumidores, que irão arcar com essas dívidas através de novos aumentos nas tarifas.

É nesse momento, no entanto, que a instalação de um painel solar aparece como a melhor opção para consumidores que desejam escapar desse problema.

Utilizando apenas a luz do sol como fonte, a tecnologia é capaz de atender 100% da energia consumida em uma casa, empresa, agronegócio ou qualquer outro estabelecimento.

Com isso, o dono deixa de consumir a energia da distribuidora (que vira moeda de troca), e fica livre do seu preço, inflação ou até mesmo dos acréscimos trazidos por bandeiras tarifárias.

É uma inversão do jogo, na verdade, quando cada novo aumento na conta de luz passa a trazer ganhos, e não prejuízo, para o consumidor.

O raciocínio é bem simples: se a economia obtida com o sistema é igual a sua geração mensal multiplicada pela tarifa da distribuidora, quanto mais cara a tarifa, maior a economia.

Vantagens como essa e a longa vida útil de 25 anos do painel, somada a queda de preços e linhas de financiamento disponíveis, são algumas das razões que levam cada vez mais brasileiros a investir em seu kit de energia solar.

Os números da Aneel mostram essa expansão do mercado, que cresceu quase 68% mesmo em um 2020 marcado pela pandemia e instabilidade.

Com todos os ingredientes dessa receita prontos para 2021, a previsão é que este ano outros milhares de consumidores se tornem movidos pela energia solar no Brasil.



Ruy Fontes
Ruy Fontes

Formado em Letras-Inglês pela Universidade Estácio de Sá, apaixonado por tecnologias e sustentabilidade, atua como gestor de conteúdo na agência #movidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram