Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Por que a agroecologia vai substituir de vez a agricultura convencional?

11 Comments

  • Simone Bertelli
    Posted 06/01/2016 at 10:27 am

    bom dia. Moramos em Cascavel-PR e temos um espaço grande em nossa terreno e pretendemos ocupar plantando frutas verduras e legumes. Podem indicar como fazemos uma estufa ?

  • Ricardo
    Posted 07/01/2016 at 3:39 pm

    Se fossemos depender da agroecologia, morreriamos de fome. Não produzem nada e ainda se dão no direito de criticar quem produz neste país….texto que atores, intelectuais e falsos ambientalistas vão adorar, mas não produzem nada para a sociedade.

    • igor
      Posted 09/01/2016 at 2:58 pm

      tu tem o que na cabeça ? agroecologia sustenta a agricultura no brasil

    • eduardo
      Posted 09/01/2016 at 9:02 pm

      cara sem noção, alimento com alto índice residual, serve para enriquecer mais ainda, laboratórios, fala isto pois não é você que vai ao campo, para ficar exposto aos defensivos, sem noção.

    • Kátia
      Posted 10/01/2016 at 3:30 pm

      “E porque ainda não extinguimos o modelo exploratório e migramos pra agroecologia? Por muuuitos fatores que eu poderia passar o dia escrevendo.”

      Viu só a resposta aqui? é como disse…
      Essa é uma visão urbana, que não conhece/reconhece a realidade do homem rural, do pequeno produtor, das comunidades tradicionais que preservam o meio ambiente… E não sabe que temos mais de 300 conflitos ambientais neste país por disputa de poder político-econômico envolvendo territórios e direitos humanos e civis!

    • Post Author
      PorQueNão?
      Posted 11/06/2016 at 11:23 am

      Oi Ricardo. Você se refere ao agronegócio, a “força motriz da economia brasileira” e você está certo. Realmente o agrobusiness move grande parte do nosso PIB, gera muitos empregos e acelera nosso crescimento econômico.
      Acontece que, na mesma velocidade, este tipo de atividade agrícola –extremamente mecanizada e dependente de insumos externos derivados do petróleo — está ajudando a acelerar os processos de destruição da teia que sustenta a vida no planeta Terra: as florestas(cerrado e amazônia, principalmente) e toda sua diversidade de vida, estão sendo devastadas para dar lugar a grandes monoculturas que desertificam pouco a pouco o solo. As nascentes e leitos de pequenos rios secam. Contaminam o restante dos recursos hídricos com as quantidades exorbitantes de veneno e fertilizantes químicos usados nesse tipo de cultivo.

      A agroecologia está, pouco a pouco, se tornando viável com o apoio daqueles que acreditam e trabalham por uma agricultura ética e que respeita as leis naturais — essas que chegaram aqui bem antes da gente e que devemos respeitar.

      Abraços!

  • Walter
    Posted 07/01/2016 at 7:10 pm

    Gostaria de saber se é possível conseguir detalhes sobre a construcao dessa estufa.

  • Ursula Hartmann
    Posted 08/01/2016 at 5:44 pm

    Tenho a consciência dos alimentos orgânicos ha 50 anos, principalmente acho porque sou descendente de alemães, a primeira geração nascida no Brasil. Convenhamos que a maioria dos Países europeus já tem essa consciência ha muito tempo. Uma das vantagens e que com o frio no inverno, a maioria das pragas não resiste e morre. Então torna-se totalmente desnecessário o uso de pesticidas.
    No Brasil, a curto e médio prazo não acredito em modificações. O povo tem viseiras, aquelas de cavalo e demora muito para se abrir a novas idéias, por mais saudáveis que sejam. Talvez uma nova geração que aprendesse na escola as vantagens dos alimentos sem agrotóxicos, deem valor a esse de alimentação.

  • Kátia
    Posted 10/01/2016 at 3:25 pm

    “E porque ainda não extinguimos o modelo exploratório e migramos pra agroecologia? Por muuuitos fatores que eu poderia passar o dia escrevendo.” Não precisa passar o dia! Basta dizer que as forças poderosas do capitalismo, sua ideologia competitiva, individualista e predatória é aceita amplamente…

  • Renata
    Posted 01/06/2016 at 9:33 pm

    sou acadêmica de agroecologia, desculpe mas não há nada de agroecológico nesta matéria. Aproveitamento de bambu pra fazer a estufa não caracteriza agroecologia. Uma das principais premissas desta ciência é a diversidade, o que não se apresenta na matéria, e ainda não tinha ouvido falar do uso de estufas em agroecologia, posso estar equivocada, mas… nunca ouvi falar. Para construir o pensamento é importante conhecer profundamente a base da ciência. Pode ser uma produção ORGÂNICA, mas não AGROECOLÓGICA.

    • Post Author
      PorQueNão?
      Posted 02/06/2016 at 12:40 am

      Oi Renata, tudo bem? O Centro Paranaense de Referência em Agroecologia faz experimentos na área, inclusive a estufa orgânica foi feita com o bambu dali para proteger a horta. Realmente essa foto não traduz exatamente o que é a agroecologia, mesmo sendo um plantio diverso com morango, salsinha, cenoura e se olhar bem dá até pra ver um cacho de marimbondo, o que significa que tem vida ali. Nessa matéria demos uma pincelada no assunto para introduzir a agroecologia como uma alternativa mais inteligente e com certeza deveríamos fazer outra matéria mais profunda e consistete. Obrigada pelo toque e se tiver algum material para compartilhar com a gente, agradeço mais ainda

Leave a comment

0.0/5

Total
734
Share