Lixo

No Paraná, cidadãos podem trocar recicláveis e pneus usados por frutas, verduras e legumes frescos

A cidade de Ponta Grossa, no Paraná, encontrou uma maneira para lá de incrível de incentivar a população a descartar pneus usados de forma correta. A destinação do resíduo é um desafio no município, onde é possível ver os pneus jogados a céu aberto em qualquer lugar. Mas o cenário promete mudar graças ao programa Feira Verde, que convida os moradores a trocar pneus usados por frutas, verduras, legumes, ovos e mel.

Para participar é superfácil e não precisa nem de inscrição! Basta acessar o site da iniciativa e conferir o cronograma com as datas e locais onde a Feira Verde estará montada. A troca por alimentos pode ser feita com pneus usados ou ainda com materiais recicláveis. A única regra é que cada morador leve até 20 quilos de resíduos para fazer o escambo. Assim tem para todo mundo!

E para deixar tudo mais bacana, 100% dos produtos oferecidos na feira são cultivados por produtores locais que praticam agricultura familiar. E mais: os resíduos coletados por meio da iniciativa são destinados a quatro associações de catadores de materiais recicláveis. Assim, numa tacada só, a cidade resolve o problema da destinação incorreta de resíduos, incentiva hábitos de alimentação mais saudáveis entre a população e fomenta os mercados da reciclagem e da agricultura familiar. É ou não é uma iniciativa e tanto para ser replicada pelo resto do Brasil?

Palmas para o Paraná!

Foto: Divulgação

Débora Spitzcovsky

Especialista em Sustentabilidade, com foco em Engajamento e Desenvolvimento Local, Débora é jornalista e cofundadora de The Greenest Post

Leave a Comment

Veja Comentários

  • Em jaguariaiva PR... também tem esse tipo de troca... muito interessante isso...

  • Boa noite!!
    Achei interessante a ideia de trocar licho reciclável por comida,essa ideia deveria abranger outros municípios ex.Jardim Alegre PR.
    Moro num assentamento e temos muito lixo:eletrônico,garrafas de vidro,.atenciosamente

Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

Painéis solares autorregenerativos podem ser o futuro da tecnologia fotovoltaica

Uma das grandes vantagens do painel solar fotovoltaico é a sua longa vida útil de…

11 horas atrás

Mulheres da periferia vendendo cultura! ONG capacita mães solo para produzir livros de pano com retalhos

Professoras em uma escola pública do bairro Jardim Comercial, na zona sul de São Paulo,…

3 dias atrás

Pernambuco ganha miniusina solar para alimentar suas universidades. Economia já passou de 300 toneladas de CO2

Certamente, economizar energia é o principal motivo de todos os consumidores que instalam um sistema fotovoltaico,…

6 dias atrás

Brasileira de 18 anos recebe reconhecimento da Nasa por descoberta de novo asteroide

Apaixonada por Astronomia desde criança, a mineira Laysa Peixoto Sena Lage cresceu observando as estrelas.…

7 dias atrás

Conheça 1ª ciclovia da América Latina feita de plástico reciclado retirado do oceano

Quase uma tonelada de lixo plástico retirado do oceano. Essa é a matéria-prima da ciclovia…

1 semana atrás

Jovem do Paraná cria absorvente biodegradável feito com resíduos de colheita e ganha destaque internacional

Desde 2014, a dignidade menstrual é reconhecida pela ONU como um direito humano, mas oito…

2 semanas atrás