Categorias: Clima

Nações Unidas divulga relatório que garante que camada de ozônio pode ser revertida até 2060

A Nasa já cantou a bola ao afirmar que a camada de ozônio está se recuperando. De acordo com os cientistas, a recuperação total da camada de ozônio é lenta. Um novo estudo, agora divulgado pelas Nações Unidas, acredita que partes da camadas de ozônio podem ser recuperadas até 2030. Para recuperar as partes críticas – como Polo Norte e Polo Sul – precisaremos esperar até 2060.

A camada de ozônio é importante para proteger o planeta Terra de raios solares que podem prejudicar e dificultar a existência de vida no planeta. Ao emitir uma série de gases nós não apenas contribuímos com a poluição do ar como também destruímos essa camada protetora.

A ONU monitora a recuperação da camada de ozônio e publica um relatório a cada quatro anos, compartilhando progressos. Segundo o mais recente, a recuperação é de um a três por cento desde 2000, graças a ações globais para reduzir as emissões.

Em 1987 um acordo global, batizado de Protocolo de Montreal, foi assinado por 197 países – que se comprometeram a reduzirem as emissões, e eventualmente parar, de clorofluorcarbonetos. Esse acordo foi considerados um dos mais bem sucedidos da história e é o principal contribuinte para a boa notícia.

Segundo Paul Newman, cientista da NASA e co-presidente do relatório, acredita que se não fosse o acordo, dois terços da camada seria completamente destruída até 2065. Em 2019 o Protocolo de Montreal deve sofrer um adendo que pretende acabar com gases de efeito estufa emitidos por ar condicionado e refrigeração.

Mas precisamos tomar cuidado com as comemorações, já que a emissão de clorofluorcarbonetos aumentou com o crescimento econômico da China. O governo chinês já assinou um compromisso para resolver esse problema.

Foto: PIRO4D/Pixabay

Jéssica Miwa @jessicamiwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Compartilhe
Publicado por
Jéssica Miwa @jessicamiwa

Posts recentes

Cinco anos após ser declarada extinta, espécie rara de leopardo é vista em Taiwan

Em 2013, a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) declarou os leopardos nebulosos de…

3 horas atrás

Refugiados sírios doam marmitas para idosos durante a pandemia em São Paulo

Por ONU O casal Talal e Ghazal Al-Tinawi, refugiados vindos da Síria com seus filhos, sentiu no bolso a redução…

3 horas atrás

Delivery sem lixo: USP cria embalagem sustentável para entrega de alimentos

O Brasil é o quarto maior produtor de lixo plástico no mundo, reciclando apenas 1,28% das 11,3 milhões de toneladas…

8 horas atrás

Em SP, centro técnico da Audi é 100% abastecido por energia limpa

Com o objetivo de se tornar uma empresa 100% neutra em carbono até 2050, a marca das quatro argolas instalou…

2 dias atrás

10 dicas para reduzir o desperdício de água nesta quarentena

BRK Ambiental apresenta dicas de como evitar o desperdício de água na quarentena Com a quarentena estamos passando cada vez…

3 dias atrás

Máscara que purifica ar de poluição e vírus já está a venda!

Segundo a OMS, a poluição mata aproximadamente sete milhões de pessoas no mundo todos os anos. Máscaras individuais de purificação…

3 dias atrás