Moradores em situação de rua cultivam horta comunitária em abrigo de SP

Moradores em situação de rua cultivam horta comunitária em abrigo de SP
22 set 2015

Já noticiamos, aqui no The Greenest Post, a incrível horta orgânica cultivada por moradores em situação de rua dos Estados Unidos. Mas não é só por lá que existem boas histórias para contar.

Em São Paulo, aqui pertinho da gente, a Casa de Convivência Porto Seguro, localizada no bairro da Armênia, destaca-se entre os abrigos da capital paulista por possuir uma horta comunitária.

Muito além de um prato de comida, um banho ou mesmo um local para lavar suas roupas, a Casa oferece aos moradores em situação de rua da cidade a oportunidade de colocar a mão na terra para o cultivo de legumes, verduras e ervas para chás. Tudo 100% livre de agrotóxicos!

Depois de colhidos, os alimentos têm destino certo: a cozinha da Casa, onde são preparados, diariamente, mais de 130 almoços – além de café da manhã. Com os legumes e verduras cultivados na horta comunitária, a equipe do abrigo já garante cinco dias de salada, por mês, para os frequentadores, o que rende uma economia de R$ 200 no orçamento da Casa.

Já os moradores em situação de rua ganham muito mais do que um prato de comida cultivada por eles mesmos. Ocupam-se, sentem-se úteis, aprendem um ofício e têm a oportunidade de fazer, de graça, uma das mais eficazes terapias do mundo: mexer na terra.

A Casa de Convivência Porto Seguro ainda oferece aulas de alfabetização, Ensino Fundamental e Ensino Médio aos frequentadores, além de outras atividades complementares – como capoeira, xilogravura e arte em mosaico, feita com lixo coletado nas ruas. Veja no vídeo, abaixo!

Uma boa ideia para replicar por aí, não?

Foto: Divulgação/Casa de Convivência Porto Seguro



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram