Menina de 10 anos vende limonada orgânica para combater trabalho escravo infantil

Menina de 10 anos vende limonada orgânica para combater trabalho escravo infantil
14 out 2015

“Se a vida te der um limão… mude o mundo com ele!” Esse é o lema da pequena Vivienne Harr, que com apenas oito anos de idade decidiu vender limonada orgânica para ajudar a combater o trabalho escravo infantil no mundo.

A ideia partiu da própria menina, após ir a uma exposição e se deparar com a foto de dois garotos que viviam em situação de escravidão. Chocada com a realidade dura que aquelas crianças – da mesma idade que ela – viviam, Harr decidiu retribuir a “sorte” que teve na vida e colocar a mão na massa para combater o trabalho escravo infantil.

Com a ajuda dos pais, a menina pesquisou entidades que trabalham com a causa e calculou que precisaria de cerca de € 115 mil (cerca de R$ 510 mil) para doar a essas organizações e começar o trabalho de ajuda às pessoas que vivem em situação de escravidão em pleno século 21.

Mas o que fazer para arrecadar o dinheiro? Limonada orgânica! Em uma barraquinha estrategicamente posicionada na frente de casa, Harr começou a vender a bebida por € 2 – e não obteve sucesso. O negócio só bombou quando a menina comunicou aos consumidores o real motivo de estar vendendo limonada e ofereceu a bebida “pelo preço que o coração mandar”. Em semanas, ela conseguiu os € 115 mil e não parou mais.

Hoje, aos 10 anos de idade, Harr tem uma empresa de limonada orgânica, que comanda com a ajuda do pai, Eric. 5% do valor de cada Lemon-aid vendida é destinado à Fundação Make a Stand, também fundada por Harr, que encaminha o dinheiro a entidades especializadas em combater o trabalho escravo infantil no mundo.

Ainda existem por aí 18 milhões de crianças que vivem em situação de escravidão. Que tal ajudar a pequena Vivienne Harr a libertar todas elas? “Você não precisa ser grande ou poderoso para mudar o mundo. Você pode ser exatamente como eu”, incentiva a menina.

Assista, abaixo, ao trailer do documentário protagonizado por essa pequena grande mulher!

Foto: Divulgação



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *