Categorias: Tecnologia

A luva que converte Libras em sons para facilitar comunicação de deficientes auditivos

Quem aí não se irrita quando precisa explicar a mesma coisa uma porção de vezes para uma pessoa entender? Os milhões de deficientes auditivos que vivem no Brasil sofrem com essa situação regularmente. É que a maioria da população não sabe Libras e, consequentemente, não consegue se comunicar direito com esse público.

Dispostos a colocar um fim nessa situação, três estudantes da Ucrânia desenvolveram a Enable Talk, luva cheia de sensores que é capaz de “ler” os sinais feitos pela mão de quem a usa e convertê-los em sons, facilitando a comunicação dos surdos e mudos com aqueles que não sabem a língua de sinais brasileira.

Parece mágica, mas é tecnologia. Funciona assim: a leitura da luva é enviada, via bluetooh, para um aplicativo de celular que, por meio de um software, codifica a mensagem e a emite em forma de som. Curtiu? Tem mais! A luva possui um pequeno painel solar, o que significa que ela é capaz de funcionar 100% à base de energia limpa.

A ideia dos estudantes surgiu em uma ida ao mercado, quando presenciaram uma cena em que um jovem surdo sofria ao tentar se comunicar com um funcionário do estabelecimento. Ao pesquisar na internet, os garotos descobriram que não havia no mercado nenhum dispositivo que facilitasse a comunicação desse público, no dia a dia, com as pessoas que não dominam sua linguagem e, então, se uniram para criar a Enable Talk.

Por enquanto um protótipo, a luva já ganhou até prêmio da gigante da tecnologia Microsoft e, segundo seus criadores, poderá ser vendida no mercado por cerca de US$ 20. Ah, a tecnologia…

Foto: Divulgação/Enable Talk

Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

Países podem ser 100% alimentados por energia limpa, segundo IRENA

Segundo a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), é possível alcançar um setor elétrico mundial…

3 horas atrás

11 toneladas de produtos orgânicos são doados para moradores de Paraisópolis

A Enel Distribuição São Paulo está doando 11 toneladas de produtos orgânicos – verduras e…

1 dia atrás

Jornada de Agrofloresta: como plantar comida sem veneno e regenerar a Natureza

A Agrofloresta é considerada a agricultura do futuro. É uma nova forma de cultivar alimentos…

2 dias atrás

Telhados solares batem novo recorde no Brasil em 2020 mesmo com pandemia

Apesar da queda nas vendas durante os primeiros meses da pandemia, o mercado solar brasileiro…

6 dias atrás

O que a moda tem a ver com a poluição marinha?

Um aspecto da poluição marinha nem sempre tão difundido refere-se aos impactos da moda nos…

1 semana atrás

Projeto oferece oficinas de profissionalização para mulheres no Ceará

Neste mês celebramos o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, data para reconhecer a luta…

1 semana atrás