Governo da Venezuela decreta fim de semana de 3 dias para economizar energia

Governo da Venezuela decreta fim de semana de 3 dias para economizar energia
07 abr 2016

Os cidadãos venezuelanos acabam de ganhar do governo um dia a mais de folga. O presidente Nicolás Maduro decretou que a sexta-feira passará a
fazer parte do fim de semana do país. A notícia, em um primeiro momento, pode até parecer boa – “Uhuw, só quatro dias de trabalho!” -, mas a
verdade é que ela é uma medida desesperada do governo para economizar energia (e pode causar um rombo e tanto na economia).

A Venezuela enfrenta uma grave crise hídrica neste momento. Devido à seca ocasionada pelo El Niño, os níveis dos rios do país – e, principalmente, da Represa de Guri, que alimenta a principal hidrelétrica venezuelana – estão baixíssimos. Como consequência, instalou-se também uma crise energética na região.

Para contorná-la, o presidente decidiu aumentar o fim de semana da população, apostando que assim haverá queda no consumo de energia do país. Para isso, no entanto, os cidadãos precisam se comprometer a economizar em casa. “Se não conseguirmos economizar no âmbito residencial, todas estas medidas simplesmente não serão suficientes”, disse o presidente em coletiva de imprensa.

A medida do fim de semana prolongado, por enquanto, é válida para os meses de abril e maio, podendo se estender, caso haja necessidade. Será que isso vai dar certo?



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram