Festival culinário oferece DE GRAÇA pratos produzidos com alimentos que seriam jogados fora

Festival culinário oferece DE GRAÇA pratos produzidos com alimentos que seriam jogados fora
25 maio 2016

Dados da ONU alertam: jogamos fora aproximadamente ⅓ de toda a comida produzida no mundo — o suficiente para acabar com a fome de toda a população. E, se você pensa que estamos falando de alimentos estragados e que não podem mais ser consumidos, engana-se. Descartamos comida boa, que vai parar no lixo por problemas de logística, compartilhamento ou por puro preconceito com frutas, legumes e verduras “feios”, que fogem do padrão.

Para tentar combater o problema, surge o festival Feeding The 5.000 (Alimentando os 5.000, em português), que distribui de graça pratos preparados com alimentos que são fruto do desperdício. Realizado em Nova York, nos EUA, o evento possui parceria com diversos “desperdiçadores”: distribuidoras de alimentos, fabricantes de comida, supermercados e restaurantes, entre outros.

Diversos mestre cucas participam da iniciativa. Na próxima edição, por exemplo, o famoso chef Dan Barber, do restaurante Blue Hill, planeja oferecer à população cookies feitos da farinha de amêndoa descartada pelas indústrias que produzem seu óleo. “Eu gosto da ideia de mudar os hábitos e as mentes das pessoas por meio do prazer, hedonismo e diversão”, revela o cozinheiro. Afinal, comer é uma das maiores delícias da vida! 

A ideia não é inédita. A organização Feedback Global, focada em acabar com o desperdício de alimentos no mundo, já fez festival semelhante nas cidades de Paris e Amsterdã, entre outras da Europa. São eventos que duram um dia inteiro e proporcionam barriga cheia e muita reflexão para qualquer um que quiser participar. O maior objetivo da ONG era alcançar a população do país líder em desperdício e consumo: os Estados Unidos. O sonho, enfim, virou realidade!

Alô, Feedback Global! Queremos um desses aqui no Brasil também.  



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram