Escolas do Reino Unido pretendem proibir uso de plásticos até 2022

Escolas do Reino Unido pretendem proibir uso de plásticos até 2022
21 jan 2019

Da queda de vendas de sacolas plásticas em 86% à Rainha Elizabeth abandonando o uso de canudos plásticos, a batalha contra a poluição marinha por plásticos tem progredido em muitas frentes no Reino Unido.

Agora, a Business Green relata que o governo abriu uma nova frente de batalha, encorajando as escolas a abolir o uso de plásticos descartáveis até 2022. Segundo o relatório, algumas escolas já estão no caminho certo – tomando decisões estratégicas com seus fornecedores, como troca de embalagens Tetra Pak de uso único (feitas com palha de plástico) para recipientes recicláveis ​​e copos reutilizáveis.

Com esperança, pelo menos para as séries mais jovens, esses movimentos também significarão uma escalada da guerra contra o glitter (brilho). Não só ajudariam a reduzir a quantidade de micro plásticos a caminho da pia do banheiro para o mar aberto, mas também poupariam a sanidade dos pais quando desempacotarem as mochilas dos filhos e admirarem suas artes e ofícios feitos na escola.

Quem disse que o ambientalismo não é uma proposta onde todos saem ganhando?

Foto: Pixabay/MonaL66



Guilherme Lupino
Guilherme Lupino

Engenheiro Civil, formado pela Universidade Estadual Paulista, entusiasta em novas tecnologias e sistemas de construção sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *