Categorias: Mundo

Em técnica pioneira, estufas de papelão são usadas para cultivar frutas e verduras no deserto

Austrália, Abu Dhabi, Somalilândia, Omã, Tenerife… Sabe o que todos esses lugares têm em comum? Possuem regiões extremamente áridas – e estão contrariando todas as tradições ao plantar toneladas de frutas e verduras no deserto.

O feito é responsabilidade da empresa britânica Seawater Greenhouse, que desenvolveu uma técnica capaz de driblar a secura do deserto a partir de estufas de resfriamento, feitas com uma espécie de papelão bem grosso.

Como funciona? Com a ajuda da água do mar e do ventoque, no deserto, é bastante forte -, essas estruturas de papelão são capazes de conservar seu interior úmido e fresco, em condições ideais para o plantio agrícola.

Já a água necessária para a irrigação dos cultivos também vem do mar e é dessalinizada por meio de uma bomba que funciona à base de energia solar. O sal que sobra de todo esse processo ainda é vendido para gerar renda à população!

Quer entender melhor? Assista ao vídeo abaixo!

Parece um tanto quanto mirabolante, mas a verdade é que está funcionando. Apenas na Somalilândia, onde um dos pilotos foi instalado no final de 2017, já se produz até 750 toneladas de tomate por ano.

Segundo Charlie Paton, fundador da Seawater Greenhouse, a técnica tem potencial para garantir comida a populações inteiras que vivem em regiões desérticas – e a um custo bem razoável.

Será essa a solução para a segurança alimentar mundial?

Foto: Divulgação

Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

Refugiados venezuelanos ajudam brasileiros vítimas das chuvas em Minas Gerais

As chuvas em Minas Gerais seguem causando fortes estragos em dezenas de cidades do Estado. O fenômeno natural – que,…

3 semanas atrás

26 resoluções sustentáveis para um ano realmente novo (e melhor)

1. Juntar tampinhas para o programa de reciclagem Tampinha Legal 2. Usar ecobag SEMPRE que for fazer compras, para não…

2 meses atrás

O hospital australiano que já salvou a vida de milhares de animais vítimas dos incêndios florestais

“Uma vida por vez!” Este é o lema do Australia Zoo Wildlife Hospital, um dos maiores hospitais de vida selvagem…

2 meses atrás

Cidade de SP adota tarifa zero para ônibus – e ainda aumenta frota e número de linhas

É isso mesmo: o sonho de ter transporte público de qualidade DE GRAÇA está prestes a virar realidade para os…

4 meses atrás

Cidade de São Paulo assina compromisso global para prevenir poluição plástica

A Fundação Ellen MacArthur, em parceria com a ONU Meio Ambiente, divulgou relatório que aponta os avanços nos esforços globais…

4 meses atrás

Mulheres catadoras são contratadas para coletar lixo plástico usado para fazer tijolos que constroem escolas na África

Sabe aquelas iniciativas que parecem amarrar todas as pontas para fazer do mundo um lugar melhor? A empresa Conceptos Plásticos…

4 meses atrás