Design

Designer desenvolve material substituto ao plástico feito com escamas descartadas pela indústria de pescado

Que tal substituir o plástico usado para produzir a grande maioria dos produtos que consumimos atualmente por escamas de peixe? A ideia, que vale para todo tipo de coisa – de escovas de dente a brinquedos infantis – é defendida pelo designer inglês Erik de Laurens, que inclusive fez seu projeto de conclusão de curso na Royal College of Art sobre o assunto.

Apaixonado pelo mar desde criança, Laurens foi pesquisar nos oceanos algo que o ajudasse a criar produtos de “plástico” menos impactantes para o planeta e encontrou nos peixes a resposta que procurava.

Segundo suas pesquisas, as escamas desses animais possuem propriedades que permitem usá-las para fabricar material muito similar ao plástico, se submetidas a banhos de calor e alta pressão.

A ideia é que toda a matéria-prima necessária para a produção do novo “plástico” seja fornecida pela indústria de pescado, que descarta, diariamente, toneladas de escamas ao limpar os peixes para vendê-los para consumo.

Aqueles que já tiraram produtos de origem animal de suas vidas, claro, não aprovam muito a inovação. Mas Laurens se defende dizendo que, independente da escolha pessoal de cada um, a indústria de pescado segue a todo vapor – e produzindo lixo diariamente. Logo, sua invenção presta um serviço e tanto à sociedade.

Ele já usou as escamas para criar copos, armações de óculos de grau e mergulho e objetos de decoração. O colorido dos produtos fica por conta de corantes naturais. Agora, ele busca patrocínio para dar continuidade ao trabalho.

Você aprova?

Foto: Divulgação

Débora Spitzcovsky

Especialista em Sustentabilidade, com foco em Engajamento e Desenvolvimento Local, Débora é jornalista e cofundadora de The Greenest Post

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

“Efeito Brumadinho”! Brasil terá órgão para garantir sustentabilidade e segurança nas atividades de mineração

Depois dos dois graves acidentes envolvendo rompimentos de barragens nas cidades mineiras de Brumadinho e…

18 horas atrás

Elefantas resgatadas juntas de circo se reencontram e se reconhecem depois de mais de 20 anos separadas

Sabe quando lembramos de algo que aconteceu há tempos e nos dizem que temos "memória…

2 dias atrás

Brasileira de 17 anos recebe reconhecimento da Nasa por descoberta de 9 asteroides

Apaixonada por ver o céu desde criança, a paulista Ana Beatriz Rodrigues Carvalho foi incentivada…

1 semana atrás

Totalmente extintas no RJ há mais de 100 anos, antas começam a voltar à natureza

Mais um trabalho de reversão de extinção que está funcionando! Maior mamífero terrestre da América…

1 semana atrás

Iniciativa do Ceará é considerada referência pela ONU no trabalho de acabar com a Aids até 2030

Quinta maior cidade do Brasil, Fortaleza foi destaque internacional na ONU por conta de uma…

2 semanas atrás

Engenheiros criam turbina eólica sem pá que pode ser instalada em casas, é mais barata e não ameaça pássaros

Já imaginou turbinas eólicas que podem ser instaladas em qualquer ambiente externo para gerar eletricidade…

2 semanas atrás