Paraná mapeia áreas de risco para desastres naturais (e promete economizar bilhões evitando acidentes)

Paraná mapeia áreas de risco para desastres naturais (e promete economizar bilhões evitando acidentes)
25 jul 2016

Apenas entre 2011 e 2014, os desastres naturais causaram, além de danos ambientais, um prejuízo material de quase R$ 4,7 bilhões – somente no Paraná. Já pensou quanto coisa boa daria para fazer com esse dinheiro? A fim de diminuir os impactos decorrentes de eventos climáticos (como deslizamentos de terra, por exemplo), o governo da região realizou um mapeamento de possíveis áreas de risco localizadas no litoral do Estado.

Ao todo foram mapeados mais de 2 mil quilômetros quadrados na escala de 1 para 10.000, em uma ação que integra o Programa de Fortalecimento da Gestão de Riscos e Desastres, financiado pelo Banco Mundial.

O mapeamento faz uma análise profunda dos locais por onde passa, fornecendo informações a respeito do terreno – como características de uso do solo, áreas urbanas, muros e cercas, áreas alagadas e estradas não pavimentadas -, além de outros dados fundamentais para trabalhos técnicos. O trabalho ainda deve auxiliar na regularização de terras e no planejamento socioeconômico e ambiental da região.

“O governo do Estado entendeu que precisava dar uma atenção maior a questão dos riscos trazidos pelos desastres naturais, enxergando a necessidade de ações preventivas”, explica Gislene Lessa, diretora de Geociências do Instituto de Terras, Cartografia e Geociências. Segundo ela, o trabalho ainda poderá ser aproveitado por outras estâncias do governo, que terão a oportunidade de utilizar essas informações em prol de outras melhorias para a região. Que assim seja! 



Web Rádio Água
Web Rádio Água

A Web Rádio Água é uma ferramenta de comunicação do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), um centro de categoria 2 do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO. A WRA opera na produção e difusão de conteúdos em áudio (técnicos e comunitários) dentro das temáticas “Água, Energia e Sustentabilidade”. O projeto dedica-se a ser um espaço colaborativo que possibilita a troca de informações e experiências, para que, a partir da mobilização social, sejam adotadas boas práticas relacionadas à temática água como recurso natural em diferentes cenários da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *