Conheça a máquina de cartão de crédito feita a partir de plástico retirado dos oceanos

Conheça a máquina de cartão de crédito feita a partir de plástico retirado dos oceanos
16 mar 2020

Estima-se que até 2050 os oceanos terão mais plástico que peixes! Pensando nisso, a iZettle, fintech sueca que oferece soluções de meios de pagamentos, se juntou à Oceanworks, marketplace global para plásticos reciclados dos oceanos e criou a Ocean Reader, máquina feita com 75% de lixo resgatado dos mares Nórdico e Báltico.

Desde o início do projeto, já foram removidos mais de uma tonelada de plástico dos oceanos. Este é apenas o primeiro passo na campanha para ajudar pequenos negócios com produtos sustentáveis. A empresa espera que a iniciativa seja uma forma de incentivar toda a indústria a um uso consciente de plástico. A ambição da iZettle é que, até 2021, todos seus lançamentos contenham materiais reciclados.

“Na iZettle, acreditamos que a sustentabilidade vai além da importância em trazer soluções inovadoras do ponto de vista ambiental. Reconhecemos que essa é uma causa na qual vários pequenos negócios se especializam e se torna um diferencial para competirem com gigantes. Com este lançamento, mais uma vez contribuímos para o desenvolvimento econômico, ajudando as pequenas empresas a trabalhar de maneira mais inteligente e a crescer. Tenho orgulho em anunciar que a primeira maquininha de meios de pagamento feita de plástico retirados do oceano é da iZettle”, explica Maria Oldham, CEO da iZettle.

A empresa doará 20% de todas as vendas do Ocean Reader para a instituição Oceanworks. No Brasil, a máquina de cartões sustentável estará inicialmente disponível apenas para parceiros e clientes selecionados que apoiam essa causa.



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *