Categorias: Lixo

Chega de embalagens! Grande rede de supermercados brasileira passa a vender a granel

Ainda não estamos no nível de Berlim ou Paris, onde já existem supermercados 100% sem embalagens, mas estamos dando bons passos rumo ao fim dos descartáveis. O mais recente deles envolve a grande rede de supermercados Pão de Açúcar, que passou a vender a granel.

São mais de 40 tipos de produtos oferecidos sem embalagens nas gôndolas – entre grãos, sementes, cereais, chocolates, chás e frutas desidratadas – para aqueles consumidores que sentem arrepios só de pensar em plástico insulfim, bandejinhas de isopor e embalagens de papelão que servem unicamente para proteger outra embalagem (alguém explica o sentido?).

Os clientes podem trazer vasilhames reutilizáveis de casa para armazenar os produtos ou, então, comprá-los no próprio mercado. Por enquanto, há quatro opções de potes de vidro à venda, que variam de preço e tamanho.

A loja da Avenida Ricardo Jafet, na cidade de São Paulo, foi a primeira a receber a iniciativa, batizada de Reutilizar #PraSerFeliz. A intenção é expandir cada vez mais o número de unidades que participam do projeto e também o número de itens vendidos a granel. Segundo a administração do Pão de Açúcar, até o fim de 2016, deve subir para 60 o número de produtos sem embalagem disponíveis nas gôndolas dos mercados da rede.

Que a iniciativa cresça e sirva para fomentar o debate sobre esse tipo de comércio, tão antigo e ao mesmo tempo tão atual. Já parou para pensar na quantidade de lixo que deixaríamos de produzir (e também no montante de dinheiro que economizaríamos) se toda vez que fossemos ao mercado, comprar um shampoo, detergente ou biscoito, levássemos nossas próprias embalagens?

Foto: Divulgação

Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Leave a Comment

Veja Comentários

  • Parabéns a rede pão de açúcar
    Agora só falta ser 100% orgânico para ficar igual às grandes redes americanas, suíças e parisuenses. Vale tentar! Nossa saúde vai agradecer e além de vocês estarem fazendo um grande trabalho pro planeta, se tornando 100% orgânicos, estaram fazendo o grande trabalho para o ser humano é nossa saúde

    • não fui ver num mercado desses , mas geralmente eles fazem como um queijo embalado na hora q fica um adesivo com validade e tudo mais

    • Deve ser como na zona cerealista. As informações estão nas etiquetas de pesagem.

    • Tomara que antes de morrer, ainda vejo todos os mercados a granel.

      A idéia é em prol da natureza, logo em prol do ser humano.

  • Finalmente uma excelente ideia dos supermercados. O meio ambiente e gerações futuras agradecem!

  • Uma idéia inteligente e de defesa do meio ambiente ! vai ser bem trabalhoso para sabermos validade e dados do produto como exemplo: calorias! teores necessários que vem estampado nos rótulos!

  • Tudo pra pegarem mais dinheiro do cliente. Falta de vergonha na cara. Meio ambiente nada.
    Eles economizam com as embalagens,mas nos pagamos os valores ainda altos.

    • Faça como eu: não se importe quem ganha ou perde dinheiro. Tome atitudes em pró da natureza.

  • A Casas Pedro faz isso há quase 100 anos mas passou batido. Tudo se renova e se repagina como novidade, mas não é nada mais do que uma cópia do que já existe.

    • Mas as casas Pedro usam embalagens de plastico, enquanto nos EUA faz anos que não se usa nesse tipo de mercado. As pessoas levam aquelas sacolas de feira e embalagens recicláveis de casa. A ideia é se importar com o meio ambiente Antonia.

    • O problema do brasileiro é exatamente esse, buscar vantagens ou viver em torno do dinheiro identificando quem ganha e quem perde... enquanto isso a natureza vai se esgotando.

  • A Bio Mundo, em Brasília, possui seis lojas com mais de 350 tipos de produtos a granel.

  • pessoas com menor valor aquisitivo consumirão todos os pesticidas, fungicidas e agrotóxicos em geral que as pessoas mais ricas trocarão por orgânicos. Matemática fácil de entender...

    • Na Rua José Duro mas é muito difícil lá ir porque não se consegue lugar para o carro e tb eu não posso ir a pé. Continuo a ser assídua frequentadora do Amor Bio na Praça do Sto António em Alvalade que tem tudo o que é biológico e até me trazem as compras ao carro e têm uma maior variedade de produtos dos frescos ,frutas ,carne ,peixe ,etc.Muito bom e preços acessíveis!

Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

O que a moda tem a ver com a poluição marinha?

Um aspecto da poluição marinha nem sempre tão difundido refere-se aos impactos da moda nos…

1 hora atrás

Projeto oferece oficinas de profissionalização para mulheres no Ceará

Neste mês celebramos o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, data para reconhecer a luta…

2 horas atrás

Fontes de energia renováveis estão cada vez mais baratas que o carvão

A consecutiva queda dos preços das tecnologias de geração elétrica movidas por fontes de energia…

1 dia atrás

Dia das Crianças: visite de forma virtual as exposições Planeta Inseto e Museu de Pesca

A restrição de visitas a museus devido à pandemia do novo coronavírus não impedirá que…

2 semanas atrás

Virada Sustentável chama atenção para volume de descarte de lixo provocados pelo consumo inconsciente

A 10ª edição da Virada Sustentável SP ocorre pela primeira vez em modelo híbrido: físico…

2 semanas atrás

Voluntários constroem escola 100% sustentável na periferia de SP com 2.5 milhões de embalagens recicladas

A iniciativa é impressionante e reúne tudo o que tem de melhor de conceitos sobre…

2 semanas atrás