Ambiente

Casal de brasileiros recupera floresta do tamanho de mais de mil campos de futebol em MG

1.754 acres ou, para ficar mais fácil de entender, a área de 1.002 campos de futebol oficiais. Este é o tamanho da floresta que o casal de brasileiros Sebastião Salgado e Lélia Wanick recuperaram no Estado de Minas Gerais, no Vale do Rio Doce, em (pasmem!) 20 anos.

O trabalho começou após Salgado voltar de uma temporada na África, onde documentou o Genocídio de Ruanda, que matou cerca de 800 mil pessoas. Abalado emocionalmente, decidiu ir para a fazenda de sua família para se recuperar: um lugar que, em sua memória, guardava um pedaço exuberante de uma floresta tropical.

Ao chegar no local, no entanto, a surpresa: a região estava devastada. Dos 1.754 acres – mais de 7 mil m² -, apenas 0,5% ainda possuía árvores e toda a vida animal havia desaparecido.

Para curar a si mesmo e à região, Salgado e sua mulher fundaram o Instituto Terra, organização ambiental dedicada a promover o desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce.

20 anos e muito trabalho depois, a antiga fazenda árida voltou a ser floresta, abriga centenas de espécies de fauna e flora – inclusive que estão ameaçadas de extinção – e até ganhou o título de Reserva Particular do Patrimônio Natural do Brasil. Como consequência, nascentes foram recuperadas, contribuindo para o regime hídrico da região, e o clima também está muito mais agradável.

Sabe aquele ditado “Não sabendo que era impossível, eles foram lá e fizeram“? A gente só conseguiu pensar nele enquanto escrevia essa história pra lá de inspiradora…

Foto: Divulgação/Instituto Terra

Débora Spitzcovsky

Especialista em Sustentabilidade, com foco em Engajamento e Desenvolvimento Local, Débora é jornalista e cofundadora de The Greenest Post

Leave a Comment

Veja Comentários

  • Reportagem incompleta e sem objetivo lógico. O mais importante ficou para trás. A floresta foi replantada onde? O local existe, ou é apenas invenção do autor?
    Gostaria de saber qual cidade foi feito esta ação.

Compartilhe
Publicado por
Débora Spitzcovsky

Posts recentes

Contra fome e desnutrição mundial, Brasil apoia ações de incentivo à agricultura familiar na África

Por meio do WFP Centro de Excelência, que mantém em parceria com o PMA, o…

53 minutos atrás

Cerrado brasileiro é considerado bioma com maior potencial para agricultura sustentável do mundo

Muitas vezes considerado um ecossistema com pouca importância, em comparação com florestas úmidas brasileiras, como…

1 hora atrás

Contra solidão acentuada pela pandemia, asilo monta horta para idosos passarem tempo cultivando alimentos

Quem nunca ouviu aquele ditado "Quem planta seus males espanta"? Pois, no Asilo São Vicente…

1 dia atrás

Nada de descartar! Hashis de comida japonesa viram tijolos de madeira usados para fazer móveis

Todos os dias, cerca de cem mil hashis (ou os famosos 'pauzinhos de comida japonesa')…

2 dias atrás

Chega ao mercado ainda este ano seda vegana e biodegradável que substitui plástico descartável

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Cambridge, uma das mais prestigiadas instituições de ensino…

2 dias atrás

Brasileiro ganha Prêmio Nobel das Artes por fotografias que denunciam pobreza e degradação ambiental no Brasil

Os fortes registros em preto e branco de Sebastião Salgado, que denunciam a pobreza e…

2 dias atrás