Casal de brasileiros recupera floresta do tamanho de mais de mil campos de futebol em MG

Casal de brasileiros recupera floresta do tamanho de mais de mil campos de futebol em MG
27 out 2019

1.754 acres ou, para ficar mais fácil de entender, a área de 1.002 campos de futebol oficiais. Este é o tamanho da floresta que o casal de brasileiros Sebastião Salgado e Lélia Wanick recuperaram no Estado de Minas Gerais, no Vale do Rio Doce, em (pasmem!) 20 anos.

O trabalho começou após Salgado voltar de uma temporada na África, onde documentou o Genocídio de Ruanda, que matou cerca de 800 mil pessoas. Abalado emocionalmente, decidiu ir para a fazenda de sua família para se recuperar: um lugar que, em sua memória, guardava um pedaço exuberante de uma floresta tropical.

Ao chegar no local, no entanto, a surpresa: a região estava devastada. Dos 1.754 acres – mais de 7 mil m² -, apenas 0,5% ainda possuía árvores e toda a vida animal havia desaparecido.

Para curar a si mesmo e à região, Salgado e sua mulher fundaram o Instituto Terra, organização ambiental dedicada a promover o desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce.

20 anos e muito trabalho depois, a antiga fazenda árida voltou a ser floresta, abriga centenas de espécies de fauna e flora – inclusive que estão ameaçadas de extinção – e até ganhou o título de Reserva Particular do Patrimônio Natural do Brasil. Como consequência, nascentes foram recuperadas, contribuindo para o regime hídrico da região, e o clima também está muito mais agradável.

Sabe aquele ditado “Não sabendo que era impossível, eles foram lá e fizeram“? A gente só conseguiu pensar nele enquanto escrevia essa história pra lá de inspiradora…

Foto: Divulgação/Instituto Terra



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *