Categorias: Inspiração

Casal constrói casa sustentável com 10 mil garrafas de vidro, em Foz do Iguaçu

Dóris Dias e seu marido, Robson Lopes, sempre sonharam em ter sua casa própria, mas não tinham condições de adquirir o imóvel. Foi ai que ela teve uma ideia brilhante, sustentável e segura: construir uma casa inteirinha com garrafas de vidro.

O casal ainda chegou a fazer orçamento dos materiais para construir um imóvel convencional. Só que o valor do investimento era muito alto e como eles estão sem trabalhar, tiveram que adaptar o projeto para algo mais em conta. Dóris também explica que, logo após o casamento, eles tiveram que se mudar para a casa dos pais dela, pois não tinham renda suficiente para se sustentarem.

Ela já tinha o terreno, que foi um presente de casamento dos pais. E, de garrafa em garrafa, eles conseguiram arrecadar mais de 10 mil unidades para usar na construção da sua casa. “A maioria dos brasileiros não tem condição de ter a casa própria. É muito difícil conseguir uma casinha. Esse é um sonho meu. Antes eu pensava que de jeito nenhum ia conseguir, mas agora vejo que está cada vez mais perto”, conta Dóris.

Dóris conheceu projetos de casas sustentáveis e começou a considerar construir a casinha dela com esses materiais. Ela viu que pessoas construíam casas de garrafa PET e também usavam as de vidro. Então Dóris juntou todas as garrafas da festa de casamento dela, em setembro do ano passado, e começou o projeto.

A história da Dóris ganhou Foz do Iguaçu. Quando ela começou a juntar as garrafas e pedir doações para os amigos, uma rede do bem se iniciou para ajudar a educadora a construir a sua casa. “Procurei as garrafas em bueiros, nas ruas e fiquei impressionada com o tanto que encontrei. As pessoas não pensam em aproveitar nada. No Brasil não se pensa muito na sustentabilidade. Vi casas com garrafas na Bolívia, Tailândia e outros lugares”, afirmou.

Dóris e o marido conseguiram uma quantidade suficiente de garrafas para construir a casa em abril desse ano. Então os dois compraram os poucos materiais que faltavam e iniciaram as obras. A casa de Dóris e Robson tem cerca de 70 metros quadrados. A sustentação da estrutura foi feita com ferro e nas paredes, eles utilizaram garrafas de 600 ml e cimento.

Até o momento, o casal gastou pouco mais de R$ 3 mil. Como eles estão sem trabalhar, dependem de doações. Dóris e Robson ainda precisam de materiais como como janelas, portas e fios elétricos. Eles também não regularizaram a construção, pois não têm dinheiro para contratar profissionais.

Ideia muito boa Dóris! Depois nos conta como ficou no final da obra!

Razões Para Acreditar

Algumas razões para continuarmos acreditando em um mundo melhor! >www.razoesparaacreditar.com<

Leave a Comment
Compartilhe
Publicado por
Razões Para Acreditar

Posts recentes

Energia solar mantém crescimento e fica mais atrativa para brasileiros em 2020

Por muitos anos, o governo brasileiro ignorou o potencial da energia solar como fonte limpa,…

5 horas atrás

5 fatores que influenciam no preço final do seu projeto de energia solar

Economizar na conta de luz é uma realidade para cada vez mais brasileiros que instalam…

5 dias atrás

Os 5 Principais Motivos Pelos Quais Todos Querem Energia Solar

Gerar a própria energia elétrica é a vontade da grande maioria dos consumidores brasileiros. Segundo…

2 semanas atrás

Países podem ser 100% alimentados por energia limpa, segundo IRENA

Segundo a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), é possível alcançar um setor elétrico mundial…

4 semanas atrás

11 toneladas de produtos orgânicos são doados para moradores de Paraisópolis

A Enel Distribuição São Paulo está doando 11 toneladas de produtos orgânicos – verduras e…

4 semanas atrás

Jornada de Agrofloresta: como plantar comida sem veneno e regenerar a Natureza

A Agrofloresta é considerada a agricultura do futuro. É uma nova forma de cultivar alimentos…

1 mês atrás