Sabia que dá para reciclar calçados velhos (e transformá-los até em pistas de corrida)? Veja como!

Sabia que dá para reciclar calçados velhos (e transformá-los até em pistas de corrida)? Veja como!
04 ago 2014

Aproximadamente 20 bilhões de sapatos são produzidos todos os anos e 95% deles acabam nos lixos. Poucos são os fabricantes que aceitam o sapato velho para reintroduzir a matéria-prima na produção de novos modelos ou dar o destino adequado.

Um par de sapatos pode conter até 40 diferentes tipos de materiais, o que dificulta o processo de reciclagem. Por isso, pesquisadores da Universidade de Loughborough trabalharam, durante dez anos para desenvolver um sistema que separa os diversos materiais que compõem o produto em minúsculas partes.

O coordenador do projeto, Shanin Rahimifard, explica como funciona. Primeiro deve-se separar os sapatos em tipos: tênis de corrida, sapatilhas, sapatos executivos… Depois, todo metal é retirado e só aí os sapatos podem ser ralados e separados em três diferentes categorias: couro, espumas, borrachas e outros materiais, por meio da densidade. Assim, a matéria-prima está pronta para sua nova utilidade.

As partes de couro podem ser transformadas em folhas de couro, as de borracha pode compor uma pista de corrida ou um piso para playgrounds, e as espumas podem ser colocadas em estofados, como sofá, ou transformados em carpetes.

É importante notar, porém, que o ‘reciclar’ deve ser a última medida tomada em nossos hábitos de consumo. Primeiro reduzimos, depois reutilizamos e, por fim, reciclamos.

Assista, abaixo, ao vídeo oficial da Universidade, que dá detalhes do processo.

Foto: katphotos/Creative Commons



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. Paulo Ramos Diz: abril 17, 2019 at 6:24 pm

    Ótimo artigo, mas cade as empresas que reciclam para encaminharmos esses calçados para eles ??

  2. Para mim esse assunto também é um grande incômodo. Meu filho joga futebol, então faz tempo que tento com a Nike algo, entro em contato, pergunto e nada. Acho que precisam divulgar aqui se alguma empresa no Brasil faz (soube que a Adidas implementou algo), assim, é até uma forma de pressão nas outras.

  3. Daiane Muniz Miranda Diz: dezembro 27, 2019 at 4:53 pm

    Eu também me incomodo muito com essa questão. Penso muito antes de comprar um sapato (preciso? combina com o que eu tenho? já tenho um modelo parecido?). Depois de usar bastante, conserto ou doo se estiver em condições de uso. Mas, chega uma hora que não dá mais para utilizar/consertar. Aí vem a dura questão: como posso colocar isso no lixo? Gostaria muito de saber se alguma industria ou loja de calçados possui logística reversa aqui no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram