Brasil bate próprio recorde e vai abrigar a nova maior usina de energia solar da América Latina

Brasil bate próprio recorde e vai abrigar a nova maior usina de energia solar da América Latina
08 fev 2017

300 mil. Esse é o número de residências brasileiras que passarão a ser abastecidas por energia solar assim que a usina Nova Olinda começar a funcionar. Localizada no Estado do Piauí, a 377 quilômetros da capital Teresina, ela será a maior usina de energia solar da América Latina.

A obra é comandada pela empresa italiana Enel S.P.A, por meio de sua subsidiária Enel Green Power Brasil. A companhia foi a grande vencedora do leilão de energia solar promovido pelo governo brasileiro em agosto de 2015.

Segundo ela, a obra está estimada em US$ 300 milhões, o equivalente a quase R$ 1 bilhão, e logo mais estará finalizada. A usina Nova Olinda deve começar a funcionar já no segundo semestre de 2017 e ajudará a suprir, de forma sustentável, à crescente demanda energética do Brasil, que deve aumentar 4% ao ano até 2020.

Com a inauguração do empreendimento, bateremos nosso próprio recorde: isso porque, atualmente, a maior usina de energia solar da América Latina já está sediada no país, mais especificamente na Bahia. Tá tudo em casa! 



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Cofundadora do The Greenest Post, Débora Spitzcovsky é especialista em Sustentabilidade, com foco em Comunicação, Voluntariado e Desenvolvimento Local

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *