Skip to content Skip to footer

Author page: Guilherme Lupino

Maior telhado solar coletivo do mundo fica na Holanda e produz energia suficiente para abastecer até 900 casas
Construído pela Nissan Motor Parts Center (NMPC), o maior telhado solar coletivo do mundo fica nos Países Baixos, mais especificamente em um armazém da empresa, em Amsterdã, na Holanda. O projeto é resultado da primeira parceria colaborativa entre os moradores da região e a montadora japonesa e está sendo financiado por um esquema nacional de…
Jovens de SP criam site de financiamento coletivo 100% voltado a ajudar crianças que precisam de tratamento médico
SomosTodosHeróis é uma plataforma de financiamento coletivo direcionada exclusivamente a ações sociais, também chamadas de "missões". A ideia inicial do site veio de dois graduandos da USP, Igor Marinelli e Matheus Marchiori, e em pouco tempo o projeto ganhou adesão de outros voluntários para auxiliar nas atividades de manutenção e expansão. Igor acredita que, por meio…
Impressora 3D constrói casa inteira em apenas 24 horas (e por um preço abaixo do convencional)
O engenheiro russo Nikita Chen-yun-tai projetou uma impressora 3D que se assemelha a um guindaste de torre e esguicha concreto para construir estruturas. Sua empresa, a Apis Cor, construiu o que chamam de “a primeira casa feita com tecnologia de impressão 3D móvel”. Trata-se de uma modesta habitação de 38 m², desenvolvida apenas como projeto de demonstração. A…
Maior empresa de energia eólica offshore do mundo investirá US$ 30 bilhões em energia renovável
Para salvar o mundo de uma provável catástrofe climática, precisamos urgentemente cessar o uso de combustíveis fósseis. A empresa dinamarquesa Orsted anunciou um grande programa de investimento no setor de energia renovável, com o objetivo de liderar uma transição global no consumo de combustíveis fósseis para recursos sustentáveis. Orsted, que construiu o maior parque eólico offshore…
Petrobras desenvolve tecnologia para desintegrar garrafas PET
O Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes) está desenvolvendo um processo para acelerar a degradação de garrafas PET em até sete dias. A tecnologia utiliza enzimas que possibilitam recuperar os componentes das garrafas, sob pressão e temperatura brandas. Iniciados há quatro anos, os estudos obtidos já permitem “vislumbrar a viabilidade técnica de uma utilização desse processo em larga…