90% das aves marinhas do mundo têm lixo plástico em seus organismos, alerta ONU

90% das aves marinhas do mundo têm lixo plástico em seus organismos, alerta ONU
15 out 2019

Com uma produção anual de mais de 300 milhões de toneladas, o plástico é um dos materiais mais utilizados no mundo. Leves e projetados para durar, eles são facilmente transportados para os ecossistemas, causando sérias ameaças às espécies migratórias.

Estima-se que todos anos, 8 milhões de toneladas de resíduos plásticos entrem nos oceanos do mundo.

Flutuando na superfície da água, cobertos de algas, plásticos descartáveiscomo sacos, canudos e garrafas – podem ser facilmente confundidos com presas, tanto pela forma como pelo cheiro. De acordo com o Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), cerca de 90 % das aves marinhas têm plástico nos seus organismos.

A agência da ONU diz que pássaros mortos com estômagos cheios de plástico, enredados e sufocados por anéis e redes de plástico são consequências muito reais do impacto que o plástico causa a essas aves e outros animais silvestres.

O relatório Estado das Aves do Mundo, de 2018, aponta que uma em cada oito espécies de aves, 13% das espécies existentes, está ameaçada de extinção. Além da poluição plástica, as aves migratórias enfrentam outros desafios, sendo a agricultura, a extração de madeira e as espécies invasivas os mais importantes. Até quando?

Foto: Pnuma

Por ONU News



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *