9 dicas supersimples para ser sustentável na cozinha de casa (e economizar dinheiro)

9 dicas supersimples para ser sustentável na cozinha de casa (e economizar dinheiro)
29 abr 2016

Mudar hábitos antigos, muitas vezes, é um desafio e tanto! São ações automáticas, que adotamos no dia a dia por simplesmente nunca ter refletido no impacto negativo que geram a longo prazo (e que faz total diferença). Um esforço aqui, outro ali e a sua saúde, o meio ambiente e todo o mundo agradecem.

Aliás, se preocupar com a alimentação é um dos primeiros passos! Mas não o único. Já pensou em ter uma cozinha mais verde? Economizar energia, optar por produtos de limpeza naturais e evitar desperdício de comida faz toda a diferença.

Para ajudá-lo nessa jornada, o The Greenest Post listou nove ideias que você pode adotar na sua cozinha para ter um ambiente mais sustentável. Confira!

1. APROVEITE CADA INGREDIENTE AO MÁXIMO
Além de (obviamente!) não deixar os alimentos estragarem, é muito importante usar cada ingrediente ao máximo! Que tal pesquisar por receitas que levam cascas e folhas que normalmente descartamos no lixo sem pensar duas vezes? Elas podem ser bem saborosas!

2. INVISTA EM UTENSÍLIOS DE QUALIDADE
Parece bobagem, mas uma panela de ferro tradicional e de qualidade pode durar gerações! Em vez de apostar nos utensílios de cozinha que vão durar apenas alguns anos, é preciso pensar a longo prazo e garantir que sua cozinha não seja mais local para praticar o consumismo! Pedir emprestado alguns eletrônicos para a sua cozinha, antes de comprá-los, também te ajudará a decidir se realmente precisa daquele objeto no seu dia a dia e garantir que não será usado apenas uma vez antes de ser esquecido naquele armário embaixo da pia.

3. SE POSSÍVEL, OPTE POR FOGÃO ELÉTRICO
A maior parte da matriz energética do Brasil é renovável. Sendo assim, busque comprar um fogão elétrico para a sua casa, em vez de optar pelos modelos que funcionam à base de gás, fonte não-renovável de energia gerada a partir de resíduos fósseis.

4. PENSE, REPENSE E PENSE NOVAMENTE ANTES DE TROCAR OS ELETROELETRÔNICOS
O liquidificador de última geração e a superbatedeira que você vê nas propagandas de TV podem até ser mais econômicos, mas você realmente precisa trocar o seu velho aparelho, se ele ainda funciona bem? Hoje em dia, as coisas já são feitas para durar pouco, então tenha paciência e espere esses objetos quebrarem para então repô-los! Se você ainda tem um eletrodoméstico de 10 ou 20 anos atrás, não seja bobo de querer trocar essa belezura que nunca te deixa na mão!

5. ECONOMIZE ENERGIA
Desligar o forno um pouco antes dos alimentos estarem prontos e usar o calor para terminar de cozinhar a comida é uma ótima forma de economizar energia. Optar por microondas e fogão para cozinhar também é uma boa dica, uma vez que o forno demanda muito mais eletricidade. É apegado ao eletrodoméstico? Panela de pressão pode reduzir em 70% o tempo dos alimentos no fogo.

6. FAÇA VOCÊ MESMO
Evite comprar congelados e comidas pré-preparadas e opte por cozinhar você mesmo. É mais saudável e garante procedência consciente dos alimentos. A mesma máxima serve para os alimentos em si: se você tem espaço em casa, tente fazer uma horta e utilizar compostos orgânicos da sua cozinha para adubá-la. Eu já fiz compostagem no meu apartamento e provei que é superpossível!

7. UTILIZE PRODUTOS DE LIMPEZA FEITOS EM CASA
Em vez de colocar tóxicos que você nem sabe pronunciar dentro de casa, experimente fazer seu próprio produto de limpeza — que é tão eficaz quanto. Os queridinhos são o bicarbonato de sódio e vinagre (que eu uso até para lavar os cabelos). Aqui você encontra uma lista de receitas de  produtos ecológicos para fazer em casa!

8. COMPRE ALIMENTOS LOCAIS E ORGÂNICOS
Quando compramos produtos cultivados e fabricados localmente, evitamos uma grande quantidade de poluentes emitidos durante o transporte da mercadoria e ainda fortalecemos a economia local. Se for orgânico, ainda melhor! Esses produtos permitem um cultivo sustentável do solo (preservando seus nutrientes), além de ser muito melhor para a saúde.

9. DÊ PREFERÊNCIA PARA PRODUTOS A GRANEL
É só você entrar no supermercado que logo percebe a quantidade de embalagens desnecessárias. Dar preferência para produtos a granel é reduzir a quantidade de lixo produzido na sua cozinha. Se isso não for possível, procure utilizar as embalagens dos produtos que compra como “lixo” — dispensando as sacolas plásticas.

Foto: Jen Kim/Creative Commons



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Curtiu nossa página?

RSS
Follow by Email
YouTube
LinkedIn
Share
Instagram