Categorias: Lixo

8 dicas para reduzir seu consumo de plástico (sem fazer grandes esforços)

Sim, plástico é reciclável e, sim, é muito difícil viver sem ele. Mas não impossível! Lembra da americana que viveu dois anos sem produzi lixo? Pois bem, aqui vai algumas dicas para você se inspirar e reduzir, pouco a pouco, a quantidade de resíduos que produz.

1) ESQUEÇA OS CANUDOS
Parece bobagem, mas canudo é algo tão superficial e… feito de plástico. Por puro costume, usamos muito canudo à toa, quando podemos simplesmente virar o copo para saciar a sede.

2) ADORE SACOLAS RETORNÁVEIS
Nada mais óbvio, eu sei. Entretanto faz uma diferença enorme trocar as sacolinhas plásticas pelas de pano! Muitos argumentam não ter lugar para colocar o lixo – mas já testaram utilizar caixas e sacolas de papelão para o descarte? Aqui em casa tem funcionado. Outra dica é usar aquelas embalagens que vêm junto com o produto. Por exemplo, a sacola que embala o papel higiênico, o sabão em pó e as verduras.

3) FUJA DOS CONGELADOS NO SUPERMERCADO
Além de não ter muitos benefícios nutricionais, a área de congelados é cheia de embalagens desnecessárias que enchem nossos lixões. Evitar passar por ela pode ajudar você a acabar com dois males de uma vez só.

4) DESISTA DO CHICLETE
A maior parte dos chicletes atuais têm plástico em sua composição. Apesar de já existir tecnologia para reciclar o produto, é muito difícil você encontrar locais que o façam aqui no Brasil. O melhor é evitar os chicletes – o que também pode ser um alívio para a sua saúde, já que você pode estar ingerindo composições tóxicas.

5) COMPRE PRODUTOS EMBALADOS POR PAPELÃO OU VIDRO
No supermercado, em geral, as marcas possuem diversos tipos de embalagens para um mesmo produto. Sempre que tiver opção, evite o plástico, mesmo que seja mais barato. Tanto o vidro quando o papelão são bem mais fáceis de se reciclar e, se descartados de forma incorreta, levam menos tempo para se decompor.

6) COMPRE A GRANEL
Mais baratos e, muitas vezes, menos processados, produtos a granel podem ajudar bastante na redução de seu lixo (e também do desperdício de comida). Isso porque você compra exatamente a quantidade que precisa e, se levar sua própria embalagem retornável, melhor ainda: não gera mais lixo.

7) CORRA DOS DESCARTÁVEIS
Sempre que possível, opte por não usá-los. Prefira um guardanapo, no lugar do prato descartável! Coma com a mão, em vez de usar talheres e garfos. Enfim, há sempre outra opção.

8) UTILIZE FRALDAS DE PANO
Eu uso no meu filho e juro que não é este bicho de sete cabeças que todo mundo fala. Você fará bem para o bumbum do seu bebê e para o meio ambiente (afinal, uma única fralda descartável leva de 400 a 500 anos para se decompor). Se você tem vontade de testar, leia este artigo, onde reitero sete motivos para não desistir dela!

Foto: faungg’s photos/Creative Commons

Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Leave a Comment

Veja Comentários

Compartilhe
Publicado por
Jéssica Miwa

Posts recentes

No Vale do Paraíba, antiga fábrica de papel vira moderno projeto agroflorestal

O agricultor Patrick Assumpção investe há mais de 10 anos em sistemas agroflorestais e plantio…

2 dias atrás

Aplicativo facilita a venda de alimentos sem agrotóxicos produzidos no quintal de casa

Cultivar hortaliças, verduras, frutas e até alguns tipos flores comestíveis no quintal de casa é…

4 dias atrás

Usinas solares no espaço podem ser a solução limpa para demanda elétrica mundial

Nos últimos anos, as fontes de energia renováveis se desenvolveram de forma impressionante e alcançaram…

1 semana atrás

Energia solar mantém crescimento e fica mais atrativa para brasileiros em 2020

Por muitos anos, o governo brasileiro ignorou o potencial da energia solar como fonte limpa,…

1 semana atrás

5 fatores que influenciam no preço final do seu projeto de energia solar

Economizar na conta de luz é uma realidade para cada vez mais brasileiros que instalam…

2 semanas atrás

Os 5 Principais Motivos Pelos Quais Todos Querem Energia Solar

Gerar a própria energia elétrica é a vontade da grande maioria dos consumidores brasileiros. Segundo…

3 semanas atrás