10 dicas para reduzir o desperdício de água nesta quarentena

10 dicas para reduzir o desperdício de água nesta quarentena
05 abr 2020

BRK Ambiental apresenta dicas de como evitar o desperdício de água na quarentena

Com a quarentena estamos passando cada vez mais tempo em casa! Além disso, o corona vírus aumentou a quantidade de vezes que lavamos a mão para nos mantermos saudáveis. Pensando nisso, a BRK Ambiental reuniu algumas dicas para evitar o desperdício de água! Pequenas mudanças de hábitos podem ternar o consumo mais consciente e contribuir com o controle do orçamento.

Leia também: 7 dicas para economizar energia elétrica em casa durante quarentena

  1. Cronometre o banho: Uma ducha de 15 minutos com o registro aberto gasta, em média, 135 litros de água. Já um banho de 5 minutos, com a torneira fechada enquanto se ensaboa, diminui a média de consumo para 45 litros. O ideal é optar por banhos rápidos, que durem o tempo necessário para fazer a higienização do corpo. Além disso, para potencializar a economia, desligue o chuveiro ao lavar os cabelos e ao se ensaboar.
  2. Desligue a torneira: Ao escovar os dentes, lavar o rosto ou as mãos com a torneira aberta, uma pessoa pode gastar cerca de 12 litros de água. Por isso, a dica é fechar bem as torneiras sempre que não estiver usando a água, por exemplo, enquanto escova os dentes ou ensaboa as mãos.
  3. Ensaboe a louça de uma só vez: Antes de lavar a louça, retire as sobras de comida com o apoio de um guardanapo ou toalha de papel e ensaboe todas de uma só vez, com a torneira fechada. Depois, faça o enxágue. Outra sugestão é lavar os utensílios menos engordurados primeiro. Assim, a gordura não se espalha para os demais itens.
  4. Limite o uso da máquina de lavar: Quando possível, utilize a máquina de lavar roupas na capacidade máxima e em ciclos completos de lavagem. Para isso, acumule mais roupas para lavar tudo de uma vez. Além disso, alguns eletrodomésticos mais modernos oferecem ainda um modo econômico, capaz de gastar até 30% menos água e energia.
  5. Reaproveite a água da máquina de lavar: A água utilizada na máquina de lavar costuma ser descartada pelo ralo. No entanto, por conter apenas resíduos de sabão, na maioria dos casos, ela pode ser reaproveitada e servir para lavar pisos, o quintal ou até mesmo para regar plantas.
  6. Não lave calçadas com mangueiras: Lavar a calçada com mangueira pode representar um gasto de 120 litros de água. Portanto, prefira usar a vassoura para fazer a limpeza.
  7. Feche bem as torneiras: Uma torneira vazando pode desperdiçar até 40 litros de água por dia. Se perceber esse problema, é fundamental realizar a troca ou o conserto. Se a resolução for demorar alguns dias, não deixe de recolher a água para que seja possível reutilizá-la.
  8. Lave o carro com baldes: Não use a mangueira para lavar o carro – opte por baldes. Outra forma de economizar é a ecolavagem, que deixa o veículo limpo e protegido com menos de um litro de água. Basta ter dois panos de microfibra, um shampoo especial para lavagem e um borrifador com 400 ml de água.
  9. Implemente a descarga com válvula de duplo acionamento: Já existem sistemas desenvolvidos para liberar água da descarga de acordo com a necessidade, um exemplo é a válvula de duplo acionamento. O sistema pode ser instalado em descargas de parede ou em caixas acopladas.
  10. Verifique e corrija vazamentos: Infiltrações e vazamentos podem acontecer sem que você perceba e representar um elevado desperdício de água – além de dar um susto na conta que chega no final do mês. Goteiras e manchas na parede são indícios que aparecem quando problemas maiores já se instalaram há mais tempo. Outros sinais são mofo, pintura com bolhas, pintura com aspecto umedecido e bolor.

Foto: Thomás AHHH, O CALOR … via photopin (license)



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *