Gastronomia sem crueldade! Suíça proíbe jogar lagostas e camarões vivos em panelas de água fervente

Gastronomia sem crueldade! Suíça proíbe jogar lagostas e camarões vivos em panelas de água fervente
01 fev 2018

A Suíça acaba de aprovar  lei que proíbe o uso de lagostas e camarões vivos em receitas. Segundo a nova legislação, “crustáceos vivos não podem mais ser transportados em gelo ou em água gelada” e “as espécies devem agora ser dopadas antes de serem mortas”. A medida, que busca reduzir a crueldade animal, deve entrar em vigor em março.

LEIA TAMBÉM:
Para combater aquecimento global, Suíça vai aspirar CO2 do ar (e reaproveitá-lo como adubo na produção de hortaliças)

Em muitos países europeus, é tradição jogar as lagostas vivas na panela com água fervente. E, acredite, este é apenas um dos diversos métodos cruéis a que estes animais são submetidos até chegarem nos nossos pratos.

Receitas com crustáceos e moluscos, inclusive, não são as únicas que levam crueldade animal entre os ingredientes. Muitos produtos à base de carne e leite também seguem essa máxima. Eis aí a principal motivação daqueles que são adeptos dos estilos de vida vegetariano e vegano… 

Foto: DennisBuntrock/Pixabay



Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *