Rússia está exterminando animais de rua para “fazer bonito” na Copa do Mundo

Rússia está exterminando animais de rua para “fazer bonito” na Copa do Mundo
07 maio 2018

6.700! Esse é o número de assinaturas que a World Animal Rescue já coletou em abaixo-assinado, postado no site da change.org, contra o extermínio cruel de animais de rua que as autoridades russas estão promovendo nas 11 cidades-sede da Copa de Mundo deste ano.

Há quase um mês do evento, os governos locais estão investindo cerca de US$ 2 milhões para formar o que o texto do abaixo-assinado chama de “esquadrões de mortes caninas”. Tratam-se de grupos que estão usando métodos cruéis para sacrificar os bichinhos, como (pasme!) baleá-los.

Tudo começou após pronunciamento do vice-primeiro ministro da Rússia, Vitaly Mutko, que estimou que existiam cerca de 2 milhões de animais de rua nas cidades-sede da Copa do Mundo e pediu para que o problema fosse resolvido para o país “fazer bonito” nos jogos. Mas o que tem de bonito nisso, afinal?

Segundo o chefe do Comitê de Proteção Ambiental da Rússia, Vladimir Burmatov, com os US$ 2 milhões que estão investindo em extermínio, seria possível fazer um plano muito mais humanitário, que envolvesse captura, esterilização e envio desses animais para abrigos, para serem destinados à adoçãoOs governos, no entanto, estão escolhendo o caminho mais fácil – e sangrento!

Também é contra? Assine a petição!

Foto: Reprodução/change.org



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *