Mundo produz 45 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano – e só 20% desse total é reciclado

Apenas 3% dos brasileiros encaminha aparelhos celulares para reciclagem
18 dez 2017

Com o aumento exponencial de inovações e novidades do setor tecnológico, a quantidade de materiais eletrônicos inutilizados cresce a cada ano. Relatório de 2016, divulgado pela União Internacional de Telecomunicações das Nações Unidas, aponta que cerca de 45 milhões de toneladas de lixo eletrônico são descartadas no mundo anualmente, incluindo computadores, smartphones, carregadores, cabos e objetos do gênero. Isso porque o número (que já é grande!) não leva em conta as peças que são jogadas em lixo comum e têm como destino os aterros sanitários.

O dado que mais assusta, porém, é outro: apenas 20% desse lixo, aproximadamente 9 milhões  de toneladas, é reciclado no mundo. As exceções são Suíça, Suécia e Noruega, com taxas de reciclagem de 70%.

Achou ruim? Fica pior: a pesquisa aponta que, em 2007, apenas 20% da população mundial estava online. Hoje, o número é de quase 50%. Ou, seja, ao que é indicado, a quantidade de lixo eletrônico deve crescer cerca de 4% ao ano, o que exige providências.

LEIA TAMBÉM: Heróis Invisíveis: monumento em SP feito de recicláveis quer valorizar trabalho dos catadores nas ruas. Ajude a construí-lo!

Os dados são preocupantes, mas o relatório aponta para uma luz no fim do túnel. Segundo a ONU, atualmente, dois terços de toda a população mundial vive em países com regras que incentivam o descarte correto e reciclagem de eletrônicos. Pelo menos isso, né?

Foto: Divulgação/Nokia



Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *