Reino Unido proíbe uso de partículas plásticas esfoliantes em cosméticos e produtos de higiene

Reino Unido proíbe uso de partículas plásticas esfoliantes em cosméticos e produtos de higiene
10 jan 2018

Mais uma do Reino Unido! Está em vigor, em todo o território inglês, a proibição da fabricação de microesferas de plásticoisto é, daquelas partículas microscópicas presentes em produtos como cosméticos e pastas de dente.

Iniciativas sustentáveis como esta têm sido sugeridas pelo secretário de Meio Ambiente da Inglaterra, Michael Gove, como contamos aqui no The Greenest Post. Desta vez, a ideia é proteger o ambiente marinho e pluvial, uma vez que essas substâncias poluem as águas quando descartadas ralo abaixo pelos consumidores.

Isso porque as microesferas de plástico são adicionadas aos produtos para agirem como esfoliantes. Como o próprio nome diz, chegam a ser tão pequenas que, quando despejadas no esgoto, passam de forma imperceptível pelos filtros de tratamento, chegando aos rios e mares. No final, as partículas acabam sendo absorvidas ou consumidas pelos animais aquáticos. Será mesmo que vale a pena prejudicar vidas pelo efeito esfoliante do plástico? Lembrando que existem diversos outros tipos de esfoliantes – naturais e orgânicos – que podem ser usados. Eles exigem apenas mais esforço e investimento dos fabricantes e consumidores. Ou seja, há alternativas menos insustentáveis! 

Antes do Reino Unido, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, também sancionou lei que proíbe a fabricação das esferas para produtos de enxague. O país britânico, no entanto, é o primeiro a adotar a medida em maiores proporções e tudo indica que ele não vai parar por aí. A diretora sênior para assuntos de poluição da Marine Conservation Society, Sue Kinsey, afirmou que o próximo passo será proibir a venda desses produtos em território inglês. Ousado (e ótimo!), não? Não para, não para, não para não, Reino Unido!

Quer aprender a fazer esfoliantes naturais e caseiros? Clique aqui!

Foto: WerbeFabrik/Creative Commons



Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *