O prefeito do RJ que abriu mão do salário em solidariedade a desempregados do seu município

O prefeito do RJ que abriu mão do salário em solidariedade a desempregados do seu município
22 out 2015

Prefeito da cidade de Macaé, no Rio de Janeiro, em 2016, Dr. Aluízio virou notícia nos veículos de imprensa de todo o país quando entregou ofício na Câmara dos Vereadores abrindo mão do seu salário de R$ 17 mil.

Segundo o político, a decisão foi tomada em solidariedade aos cidadãos do município que estavam desempregados. É que boa parte da população de Macaé trabalhava na Petrobras, o que fez com que a cidade enfrentasse uma onda de demissões por conta da crise da empresa estatal. A estimativa é que Macaé deixe de arrecadar R$ 120 milhões em royalties por conta do colapso financeiro.

Em entrevista ao EXTRA, Dr. Aluízio – que passou a se sustentar apenas com o dinheiro que ganhava no consultório médico, onde atendia na parte da manhã – admitiu que abrir mão de seu salário não será suficiente para tirar as contas públicas do sufoco, “mas é uma forma de se posicionar e se solidarizar com os desempregados”.

“Quem se propõe a estar no serviço público tem que se colocar no lugar do outro”, disse o prefeito, que desafiou o vice-prefeito e os vereadores da cidade a também abrir mão de seus salários.“Espero que revejam suas posições (…). O desempregado não pode pagar a conta”, provocou Dr. Aluízio.

Nem vice-prefeito, nem vereadores se pronunciaram. Alguém se surpreende?

Foto: Reprodução/Facebook



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *