No Paraguai está tão quente que dá para fritar ovos no asfalto

No Paraguai está tão quente que dá para fritar ovos no asfalto
28 abr 2014

A capital paraguaia de Assunção foi, recentemente, considerada uma das mais quentes do mundo inteiro, mas por lá a população continua não valorizando os perigos do aquecimento global. Quem garante é a ONG internacional WWF, que resolveu “causar” na cidade para ver se desperta a consciência dos paraguaios.

Em parceria com a agência Oniria/TBWA, a organização contratou o renomado chef de cozinha Rodolfo Angenscheidt para fritar ovos com bacon e azeite no meio da rua.

A ação aconteceu em fevereiro, quando as temperaturas de Assunção ultrapassaram os 45ºC por causa do aquecimento global: estava tão quente, que o cozinheiro não precisou de fogão para fritar os ovos. Ele usou o próprio asfalto. Acredita?

A comida ficou pronta em alguns minutos e foi servida, por garçons uniformizados, para a plateia de ‘embasbacados’. Será que agora os paraguaios acreditam que o aquecimento global é para valer?

A ação foi documentada. Assista no vídeo, abaixo! No filme, a WWF ainda alerta: nos últimos 50 anos, 80% das florestas nativas do Paraguai foram derrubadas, o que contribui (e muito) para o aumento da temperatura.

O que você prefere: mais árvores ou mais ovos fritos nas cidades? Eu fico com o verde!

Foto: Reprodução/Youtube



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *