Na Noruega, espelhos são usados para refletir luz do sol durante período sombrio

Na Noruega, espelhos são usados para refletir luz do sol durante período sombrio
05 abr 2014

Sol, praia, calor… você já imaginou a vida sem essas regalias? Pois Rjukan, cidade da Noruega com 3,400 habitantes, permanece no escuro durante seis meses – entre setembro e março. Este ano, porém, seus moradores tiveram razão para comemorar! Espelhos foram colocados em cima de uma montanha, há 450 metros da cidade, para refletir a luz solar.

Os três superespelhos, cujas posições são monitoradas por computadores, permitem que o centro da cidade seja iluminado durante o período. As pessoas, que já estavam acostumadas com a sombra, se mostram felizes. “É o sol (…) É tão aquecedor. Não apenas físico, mas mental”, diz Ingrid Sparbo.

Para nós, brasileiros, o sol é corriqueiro e muitas vezes alvo de muitas críticas. Mas teve gente, na Noruega, que viajou cinco horas só para ver sua luz! Casais de idosos e crianças também foram conferir a novidade.

Martin Andersen, artista responsável pelo rebuliço, acreditava ser triste uma cidade onde as pessoas precisavam viajar para sentir o sol. Para colocar o projeto em prática, Martin precisou de ajuda – ligou para Jonny Nerveen, que já havia instalado sistema semelhante em um vilarejo italiano em 2006. Depois de alguns cálculos, concluíram que o projeto era totalmente viável e colocaram a mão na massa!

Clique aqui para assistir ao vídeo, produzido pelo The Guardian, a respeito da iniciativa.

Foto: Reprodução/The Guardian



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *