Na Indonésia, noivos só casam se plantarem árvores

Na Indonésia, noivos só casam se plantarem árvores
23 mar 2015

Acha que pedir a mão da noiva em casamento é suficiente? Não para os muçulmanos da Indonésia! Por lá, o casal de noivos só oficializa a união após plantar um par de mudas na sua futura casa.

A tradição ecológica existe desde 2012 e foi instituída pela KUA, o Escritório de Assuntos Religiosos que registra e oficializa os casamentos muçulmanos no país.

Funciona assim: o casal vai até a instituição registrar o matrimônio, recebe em troca um par de mudas e só ganha licença para casar após provar às autoridades da KUA que plantou as árvores no seu novo lar.

Válida em regiões onde a população de muçulmanos é grande – como a cidade de Medan e distritos da ilha de Sulawesi -, a medida é uma forma poética de celebrar o amor dos pombinhos, mas também tem um lado prático: ela foi criada para reforçar o Programa de Plantio de Árvores, instituído pelo governo da Indonésia em 2011.

Um reforço de peso! Segundo a KUA, cerca de 2 mil árvores são plantadas, todos os meses, graças à tradição matrominial. Você aprova a ideia?

Foto: Azlan DuPree/Creative Commons



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *