Menina de 16 anos cria linha de cosméticos (não tóxicos) que não testa em animais

Menina de 16 anos cria linha de cosméticos (não tóxicos) que não testa em animais
12 ago 2015

Ficar bonita sempre esteve entre as preocupações de Ava Anderson, como acontece com a maioria das adolescentes. Aos 16 anos, no entanto, ela se destacou entre as jovens dos EUA (e não foi por causa de sua beleza). O motivo? A menina criou sua própria linha de cosméticosnão tóxica e sem qualquer envolvimento com testes em animais.

A ideia surgiu quando Ava assistiu a uma reportagem, na TV, que alertava para a quantidade de substâncias tóxicas – algumas, inclusive, cancerígenas – presentes no corpo das adolescentes norte-americanas devido ao uso de cosméticos e maquiagens.

Disposta a livrar o corpo dessas ‘porcarias’, Ava foi pesquisar na internet e encontrou lista, da Environment Working Group, com algumas makes consideradas seguras para uso. O problema é que todas elas eram muito pouco acessíveis. Pensa que a menina desistiu? Que nada!

Decidida a “desintoxicar” o corpo e disposta a ajudar outras adolescentes, Ava criou, com o apoio dos pais, sua própria linha de cosméticos, a Ava Anderson Non Toxic. A marca já possui diversos produtos não-tóxicos e que não são testados em animais – para homens, mulheres, crianças e até bichinhos de estimação -, além de centenas de consultoras espalhadas pelos EUA para representar a marca. É ou não é um sucesso?

Por enquanto, os artigos só podem ser comprados no país norte-americano, mas Ava é ambiciosa e tem planos de expandir a marca mundo afora. Quem sabe ela não chega no Brasil?

Foto: Divulgação



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. Em uma pet shop aqui perto de casa, usam um perfume muito bom nos bichinhos.
    Depois que abri o site, vi que era essa marca mesmo. Que legal, espero que chegue logo aqui no Brasil sim.
    Minha cachorrinha ficou vários dias com o cheirinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *