Tijolo feito de restos de saco, inseticida natural, bucha biodegradável… 4 ideias sustentáveis propostas por jovens brasileiros

Tijolo feito de restos de saco, inseticida natural, bucha biodegradável… 4 ideias sustentáveis propostas por jovens brasileiros
19 dez 2017

A criatividade tem um enorme potencial para transformar o mundo. E quem melhor do que as novas gerações para apresentar ideias que visam inovar naquilo que a gente vem fazendo igual todos os dias?  A fim de estimular a inovação e criatividade nos jovens, a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, promove anualmente a Ficiencias (Feira de Inovação das Ciências e Engenharias).

Em sua sexta edição, a iniciativa reuniu mais de 140 trabalhos feitos por estudantes brasileiros, paraguaios e argentinos e o que mais chamou a atenção foi que a preocupação ambiental se destacou entre os projetos apresentados em 2017.

O uso de agrotóxicos nas lavouras, algo extremamente preocupante, por exemplo, foi o que embasou o trabalho das estudantes Pâmela Weber e Valéria Macedo, do município de Pinhão, no Paraná. Elas desenvolveram uma pesquisa que buscou encontrar inseticidas naturais que pudessem substituir os agrotóxicos. “Não usamos nada já industrializado e tentamos achar materiais 100% naturais”, destacou.

Já os cuidados com o chorume gerado pelo lixo foi a reflexão do estudante Vinícius Rocha, de 17 anos. Estudante do Instituto Federal do Paraná, em Jaguaraíva, ele apresentou uma alternativa que dá destino ao chorume a partir de um sistema mecânico feito com restos da construção civil. “Pensamos em criar esse protótipo para poder ter um melhor descarte desse resíduo, sem prejudicar a saúde das pessoas que consomem a água dos rios onde, normalmente, o chorume é descartado incorretamente”, disse.

Ainda no ramo da construção civil, outros dois estudantes da cidade de Cambé, também no Paraná, pensaram em uma alternativa que substituísse o tijolo convencional, que é queimado durante sua produção e emite gases prejudiciais ao meio ambiente. Thiago Ferraz e Wesley Augusto dos Santos apresentaram um tijolo produzido a partir de restos de sacos e barro: uma mistura que, além de sustentável, é muito mais resistente. “O tijolo convencional, quando cria uma rachadura, tende a aumentá-la a cada dia. Mas esse tijolo não: como tem fibra, se criar uma rachadura, vai ficar só ali. A fissura não aumenta”, explicam os idealizadores.

Já a estudante Mariana Faria, de 17 anos, que mora em Londrina, elaborou um bucha biodegradável feita a partir das fibras da planta espada-de- são-jorge.

Uma ideia completamente diferente da outra, é verdade, mas todas elas apontam para uma mesma tendência: inovar respeitando o meio ambiente. Que orgulho desta nova geração que vem despontando por aí! 



Web Rádio Água
Web Rádio Água

A Web Rádio Água é uma ferramenta de comunicação do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), um centro de categoria 2 do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO. A WRA opera na produção e difusão de conteúdos em áudio (técnicos e comunitários) dentro das temáticas “Água, Energia e Sustentabilidade”. O projeto dedica-se a ser um espaço colaborativo que possibilita a troca de informações e experiências, para que, a partir da mobilização social, sejam adotadas boas práticas relacionadas à temática água como recurso natural em diferentes cenários da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *