Escola troca punições por momentos de meditação (e casos de mau comportamento diminuem)

Escola troca punições por momentos de meditação (e casos de mau comportamento diminuem)
26 set 2016

Já para a sala do diretor!” “Menos meio ponto na atividade!” “Vai ficar sem recreio!” Frases como essas são comuns de serem ouvidas em salas de aula, proferidas por professores que tentam punir os alunos arteiros para manter a turma sob controle.

Mas não na Robert W. Coleman Elementary School, localizada em Baltimore, nos EUA. Por lá, todos os possíveis castigos por mau comportamento foram trocados por uma única atitude: meditação.

É que toda vez que um aluno apresenta problemas de disciplina, ele é imediatamente encaminhado para a Mindful Moment Room (algo como “Sala do Momento de Meditação”, em português), uma sala com luzes baixas, almofadas e objetos coloridos e relaxantes, em que os estudantes são convidados a desacelerar e fazer uma reflexão interior. Tudo por meio da meditação e sob a coordenação de um especialista: no caso, Kirk Philips, coordenador da Holistic Life Foundation, movimento que é parceiro da iniciativa.

Por enquanto, o projeto é só sucesso! Segundo a diretoria da escola, os alunos estão mais tranquilos e concentrados, as notas subiram, os casos de mau comportamento diminuíram e todos estão se relacionando melhor.

Fica a dica para as instituições de ensino brasileiras!



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. excesso de informação a uma escola ou criança é demais para o emocional dela

  2. Interessante. Outro efeito benéfico da meditação. O desacelerar interfere no comportamento.

  3. Sensacional!!!

  4. JUAN SEBASTIAN Diz: setembro 24, 2017 at 10:04 am

    O melhor tratamento é uma surra com gato morto, até ele miar.

  5. isso a meu ver é inserir religião de forma forçada nas escolas, pois esse tipo de meditação no vazio é culto budista.

  6. Nossa escola já faz isso desde 2016. Realmente trás muitos benefícios. Ao contrário desta escola apresentada na reportagem, nós fazemos esta prática para prevenir o “mau comportamento”, também, não apenas para corrigi-lo.
    Nossa velha mania de valorizar o que vem de fora!!!Quantas escolas brasileiras já fazem isso a algum tempo….

  7. Josué Fernandes Neto Diz: setembro 25, 2017 at 2:12 pm

    Meditação é Religião? Onde tem isso? Sou Professor de Rede Pública.
    A meditação: Desenvolvimento de uma determinada qualidade mental, como energia, concentração, plena atenção, bondade, etc. Onde pensamento sustentado e aplicado em um tema.

    As pessoas necessita ler mais, essas que criticam são que precisam de meditação..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *