E se os alimentos industrializados tivessem rótulos honestos?

E se os alimentos industrializados tivessem rótulos honestos?
21 maio 2015

“Tampador integral de artérias”? “100% engordador”? “Diabetes segura”? “Dá-lhe diálise”? Claro que nunca vamos encontrar dizeres como esses nos rótulos dos produtos que compramos nos supermercados, mas é exatamente o que as embalagens deveriam dizer aos consumidores, se fossem honestas.

Com a correria do dia a dia, pipocam nas prateleiras dos mercados alimentos industrializados que fazem brilhar os olhos dos “sem-tempo” e prometem uma série de benefícios à saúde. “Rico em ferro”, “Fonte de vitamina C” e “Alto teor de fibras” são algumas das promessas feitas nos rótulos dos produtos. Mas será mesmo que eles fazem tão bem ao corpo quanto vendem nas embalagens?

Circula na rede a versão em português de uma charge publicada pelo site Natural Health News & Self-Reliance que faz um alerta aos perigos de consumir em excesso alimentos industrializados. Veja, abaixo!

e-se-alimentos-tivessem-rótulos-honestos-2
(Clique na imagem para ampliá-la)

Perturbador, não? A mensagem central da charge é: seja um consumidor consciente e procure saber o que você está colocando na sua mesa. Dê sempre preferência aos produtos naturais e orgânicos – como frutas, verduras e legumes – e, quando comprar alimentos industrializados (afinal, ninguém é de ferro), saiba ler os rótulos para escolher aqueles que causam menos prejuízos à nossa saúde.

Entre outros cuidados, é legal dar preferência aos produtos que possuem, no máximo, cinco ingredientes (que podem ser encontrados em qualquer cozinha e não, apenas, em uma fábrica), evitar produtos que levem gordura vegetal hidrogenada e estar atento à quantidade de aditivos (como conservantes, aromatizantes e acidulantes) usados na fabricação – eles só servem para modificar as características naturais dos produtos.

Tem alguma outra dica para ajudar os consumidores a interpretar os rótulos dos produtos? Compartilhe com a gente!

Foto: Caden Crawford/Creative Commons



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *