Contra desperdício de água, grupo picha Cascão em calçadas

Contra desperdício de água, grupo picha Cascão em calçadas
27 ago 2014

Um dos personagens mais famosos da Turma da Mônica acaba de sair das histórias em quadrinho para ganhar as ruas do Brasil e lutar por uma boa causa: a economia de água. Um grupo anônimo formado por jovens das áreas de comunicação e artes da capital paulista está engajado em pintar o rosto do Cascão nas calçadas da cidade, acompanhado da frase “Não quero água“.

A intervenção urbana é uma crítica ao desperdício de água na região metropolitana de São Paulo, que há meses vive uma crise de abastecimento. Mesmo sabendo do problema, a população continua lavando carros, esguichando a calçada para varrer folhas e regando os jardins com mangueira.

A atitude dos jovens, que não querem se identificar, está agradando os mais conscientes. Pessoas de outras cidades – como Belo Horizonte, Juíz de Fora e Rio de Janeiro – até já procuraram o grupo para pedir ajuda para levar a iniciativa para seus municípios – e eles prontamente atenderam ao pedido, é claro!

Dezenas de Cascões já foram desenhados nas calçadas para conscientizar (ou pelo menos envergonhar) quem anda desperdiçando água por motivos banais. No Instagram, o grupo registra suas ações no perfil @naoqueroagua. Lá, também é possível fazer denúncias de pessoas que estão usando água sem responsabilidade e merecem receber uma visitinha do personagem de Maurício de Sousa!

Flagrou algum desperdício e quer dar uma lição no “delinquente”? Não hesite! Bote a boca no trombone no @naoqueroagua e espere por uma visita do Cascão!

Foto: Reprodução/Instagram



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *