Conheça o trem que late para evitar atropelamento de animais nos trilhos

Conheça o trem que late para evitar atropelamento de animais nos trilhos
29 jan 2018

Já imaginou um trem que late e bufa? Pesquisadores do Instituto de Pesquisas Técnicas Ferroviárias do Japão equiparam um conjunto de trens com alto-falantes que emitem sons de cães e cervos a fim de proteger contra acidentes os animais que estão nos trilhos.

Um bufo de cervo é emitido primeiro, por cerca de três segundos, para chamar a atenção de qualquer bicho que esteja nas proximidades da linha. Em seguida, latidos de cachorro que duram cerca de 20 segundos são soltados para afastar os animais.

Até agora, os testes feitos tarde da noite com o dispositivo foram um sucesso, reduzindo os problemas nas linhas de trem locais. Segundo o Ministério dos Transportes do país, em 2016, foram registrados 613 casos de acidentes de trem envolvendo cervos e outros animais selvagens – um número recorde, que, além dos prejuízos ambientais, gera atrasos de 30 minutos ou mais a cada colisão.

LEIA TAMBÉM: 
Transporte público sustentável: conheça o primeiro trem do mundo 100% movido a energia solar

Segundo o governo do Japão, a iniciativa deve ser expandida para outras áreas ferroviárias do país. Já pensou um projeto desses no Brasil? Só não vale tocar em áreas residenciais.

Foto: Depositphotos


 


Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *