Carros movidos a esterco de vaca são um futuro para esta gigante automotiva

Carros movidos a esterco de vaca são um futuro para esta gigante automotiva
26 dez 2017

A multinacional Toyota tem planos para revolucionar os combustíveis e diminuir a emissão de dióxido de carbono. Na Los Angeles Auto Show deste ano, a gigante revelou o projeto conhecido como Tri-Gen Project. A ideia é de construir uma usina elétrica que seja capaz de transformar o esterco de vaca em água, eletricidade e hidrogênio. Estes elementos podem ser retirados do metano liberado pelas fezes e serão usados para abastecer os carros da marca.

A proposta indica o Porto de Long Beach, na Califórnia, EUA, para seu posicionamento. Seus idealizadores afirmam ser o primeiro projeto de uma usina de escala comercial com 100% de energia produzida de forma renovável.

As obras prometem sair do papel em meados de 2020. Espera-se que a planta tenha capacidade para fornecer energia para 2.350 casas médias e combustível para 1.500 veículos movidos a hidrogênio diariamente.

LEIA TAMBÉM: Transporte público sustentável: conheça o primeiro trem do mundo 100% movido a energia solar

A Toyota está investindo pesado em tecnologia de célula de combustível de hidrogênio. A empresa estabeleceu a meta de cessar a produção de motores tradicionais de combustão interna até 2040.

“Os motoristas preocupados com o meio ambiente exigem formas novas e mais limpas de transporte. O modelo à célula de combustível ajuda a atender essa demanda por um futuro melhor”, informa o site.

Foto: Divulgação/Toyota



Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *