Bitucas não são sementes! Campanha quer conscientizar fumantes a não jogarem cigarro no chão

Bitucas não são sementes! Campanha quer conscientizar fumantes a não jogarem cigarro no chão
30 jan 2018

Tartarugas, cardumes dos mais diferentes tipos, aves típicas da Mata Atlântica… Porto Belo, no litoral de Santa Catarina, destaca-se por sua beleza natural e rica biodiversidade. Tamanha riqueza, no entanto, está ameaçada pela falta de educação dos turistas que visitam a região.

Na tentativa de conscientizá-los, a Ilha de Porto Belo lançou a campanha Bitucas Não São Sementes. A ação é mais uma tentativa de evitar o microlixo gerado na região, que tanto ameaça a biodiversidade local. Segundo dados da equipe de preservação da Ilha, apenas nas três primeiras semanas do ano foram coletados mais de 2,6 mil resíduos descartados incorretamente na região.

A campanha reforça que bitucas, além de prejudicar o meio ambiente — já que levam muitos anos para se decompor e são constantemente ingeridas por animais marinhos —, liberam toxinas na terra que contaminam o solo e a água.

LEIA TAMBÉM: 
Brasil quer multar quem joga bitucas de cigarro na rua

Para a ação, foram espalhadas mensagens de conscientização ao longo da Ilha e instaladas bituqueiras para recolhimento e descarte adequado dos resíduos. A ilha catarinense vem tentando diminuir a produção de lixo desde 2002. Já foram proibidas na região bebidas em embalagens de vidro, canudos plásticos e até mesmo a venda de cigarros foi suspensa em bares e restaurantes. “São ações do cotidiano que muitas vezes não nos damos conta, mas que causam grande impacto negativo quando praticadas por todos”, aponta Alexandre Stodieck, administrador da Ilha de Porto Belo.

Quando as pessoas vão aprender a jogar lixo no lixo?

Foto: 37prime on Visualhunt.com /CC BY-NC-SA



Mattheus Goto
Mattheus Goto

Estudante de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, repórter na COP 23, estagiário no The Greenest Post e apaixonado por música, arte e histórias de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *