8 dicas para desconectar crianças da tecnologia e curtir as férias de maneira saudável

8 dicas para desconectar crianças da tecnologia e curtir as férias de maneira saudável
18 dez 2017

Smartphones, smarttvs, tablets… Hoje em dia, as crianças estão conectadas o tempo inteiro. Parece que nascem sabendo como fazer um feed rolar! Mas ficar preso a isso não é saudável e pode acabar com as férias dos pequenos. Sabe aquela sensação de que fizemos muito, mas no final não produzimos nada?

Pensando nisso, o The Greenest Post reuniu algumas dicas para que possamos nos esforçar e fazer com que as férias de nossas crianças sejam inesquecíveis, divertidas e muito, mas muito, saudáveis. Já adianto para vocês: não é fácil resistir à tecnologia no dia-a-dia, com tanta coisa rolando! Vez ou outra precisamos cozinhar ou limpar a casa e nos rendemos à televisão, por exemplo. Mas vale a pena o esforço durante as férias escolares.

1. LIVRE-SE DOS DISPOSITIVOS
Sem eles por perto é mais difícil você permitir que a criança “caia em tentação” e assim a força a ser criança por mais tempo. Isso significa correr, pular, brincar e dar canseira em você. Desprenda-se do smartphone e entregue-se aos pequenos. Verá quantas memórias incríveis são possíveis criar em tão pouco tempo!

2. LIBERE A SUJEIRA
Desencane e deixe a brincadeira rolar solta! Se envolver terra, tinta e água, melhor ainda! As crianças precisam de ar livre e espaço para se desenvolver de maneira saudável. É importante dar a liberdade de se sujar (depois você dá um jeito nas roupas e no pé encardido)!

3. FREQUENTE LOCAIS ABERTOS
Não tem quintal em casa? Vá para locais abertos e espaçosos com os pequenos. Parques e praças são muito convidativos a bagunça e são ótimos para gastar muita energia. Não deixar toda essa energia acumular é o grande segredo! Não tem noite de sono melhor que um dia intenso de brincadeiras ao ar livre.

4. LEIA, LEIA E LEIA
Além de trabalhar a concentração dos pequenos, a leitura ajuda a desenvolver a criatividade das crianças, sendo uma ótima pedida durante as férias escolares. Em vez de investir em eletrônicos, que tal investir em livros e histórias?

5. PEÇA A AJUDA DOS PEQUENOS PARA AS TAREFAS DE CASA
Afinal, a vida não é apenas diversão. É preciso ensinar desde cedo a compartilhar as responsabilidades nas tarefas de casa. Em casa, o Gael, meu filho, recolhe seus brinquedos toda noite antes de dormir e os guarda em seu quarto. Ele faz isso desde dois anos e pouco, quando entendeu que tem seu próprio espaço. A ideia é que, conforme ele cresça, as responsabilidades também cresçam com ele. Ninguém quer ter um filho de trinta anos ainda dependente da mãe, não é mesmo?

6. EXERCITE SUA CRIATIVIDADE
Desenhe, pinte e crie junto com eles também. Quanto mais atividades em grupo, mais qualidade no tempo em conjunto. Compartilhando o processo de criação, você também participa da atividade e se faz presente. Não há brinquedo ou televisão no mundo que substitua uma deliciosa brincadeira com seu filho!

7. SEJA PACIENTE COM A BAGUNÇA
Assim como a sujeira, a bagunça muitas vezes é saudável e cria um ótimo ambiente para deixar a criatividade correr solta. Em um momento, meu filho está em uma fazenda com porcos, vacas e dinossauros. Logo depois, ele imagina uma pista de corrida repleta de motos e carros. O mesmo ambiente, com os mesmos brinquedos. Basta espalhar um pouco mais a bagunça e respirar fundo!

8. PEÇA PARA CONTAR HISTÓRIAS
Você verá como o dia dos seus pequenos foi bem sucedido. Eles estarão cheios de novidades, com vocabulário amplo e muita animação. Você raramente os ouvirá contar sobre um personagem do Netflix, mas sim sobre lobos, elefantes e jacarés. Isso sim é tempo gasto com qualidade! 

Foto: Jason Fiori



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *