7 conselhos de vida da mulher mais velha do mundo

7 conselhos de vida da mulher mais velha do mundo
13 nov 2014

Se a vida nos dá sabedoria, podemos contar nos dedos de uma mão as pessoas que são mais sábias do que a americana Jeralean Talley. Nascida em Geórgia (EUA), ela chegou a ser a mulher mais velha do mundo, com a idade de 116 anos e 25 dias.

Jeralean nasceu em 1899, o que significa que a supercentenária viveu em três séculos diferentes, e até o dia de sua morte, em junho de 2015, viveu com muita disposição. Seu segredo? Na verdade, são sete. Ela os listou para o The Huffington Post e nós reproduzimos, a seguir, para você.

1. TRATE COMO GOSTARIA DE SER TRATADO
Essa é a regra de ouro de Jeralean: fazer aos outros, apenas, aquilo que você gostaria que fizessem por você. Segundo a idosa, colocar-se no lugar do outro evita muitos desentendimentos (e rugas).

2. TENHA SENSO DE HUMOR
Encarar a vida com mais leveza e rir de si mesmo é condição básica para viver por tanto tempo. Por que levar as coisas tão a sério? Ao Detroit Free Press, Jeralean conta que tentou dirigir, apenas, uma vez na vida e fracassou miseravelmente. Se ela se sentiu mal por isso? Jamais! “Ninguém é perfeito. Não se culpe tanto”, disse a idosa, que relembrou a história com muitos palavrões e bom humor. Assista abaixo!

3. MANTENHA-SE ATIVO
Já dizia o ditado, “cabeça vazia é oficina do diabo!” Praticar atividades que te deem prazer é outro conselho de Jeralean. E ela não é dessas que falam, mas não fazem. Até completar 104 anos de idade, a idosa ia ao boliche, religiosamente, todas as semanas e, até falecer, fazia, uma vez por ano, uma viagem para pescar.

4. PERMITA-SE ‘ENFIAR O PÉ NA JACA’ DE VEZ EM QUANDO
Sim, cuidar da saúde, praticar exercícios regurlamente e se alimentar bem é fundamental para chegar bem aos 116 anos de idade. Mas viver seguindo regras o tempo todo é de enlouquecer qualquer um. Por isso, o quarto conselho de Jeralean é: permita-se. Fique uma semana inteira de pernas para o ar, vez ou outra, ou coma aquele doce de milhares de calorias que você tanto ama.

Qual era a ‘jacada’ preferida da idosa? Headcheese, uma espécie de linguiça gelatinosa, feita principalmente com a cabeça e o pé do porco, e com um leve gosto adocicado. Realmente, não parece nada light…

5. TENHA SUAS PRÓPRIAS CRENÇAS
Não importa qual a sua crença ou religião, mas tenha algo em que acreditar e se apoiar, quando necessário. Para Jeralean, CRER é fundamental para não desanimar perante as dificuldades da vida. A idosa era católica, gostava de comemorar seus aniversários na igreja e, quando questionada sobre o que a fazia viver tanto, tinha a resposta na ponta da língua: “Está tudo nas mãos do Senhor”.

6. CERQUE-SE DE PESSOAS QUERIDAS
Já dizia Tom Jobim, “é impossível ser feliz sozinho!” Amar e ser amado, sentir a sensação de desejar o bem do outro sem nenhum interesse, simples e puramente para vê-lo feliz, é uma experiência que todos precisam viver na vida, acredita Jeralean. Ela foi casada por meio século e, hoje, vive com a filha e os netos. Aliás, brincar com eles é uma das atividades que mais gosta de fazer no mundo.

7. SEJA HUMILDE
Quando convidada para dar às pessoas conselhos de vida, Jeralean disse ao canal de TV WJBK: “Eu não tenho muita educação, só tento usar o senso de noção básico que aprendi ao longo da vida”. Mal sabia ela que em uma simples frase, já trazia uma mensagem tão poderosa: a da modéstia.

E você, o que está fazendo para viver bem?

Foto: Reprodução/YouTube



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *